FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Prevenção de pneumonia associada à ventilação mecânica PAV com antissépticos orais

Autor:

Antonio Paulo Nassar Junior

Especialista em Terapia Intensiva pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP). Médico Intensivista do Hospital São Camilo. Médico Pesquisador do HC-FMUSP.

Última revisão: 21/03/2012

Comentários de assinantes: 0

Área de atuação: Medicina Intensiva

 

Especialidade: Medicina Intensiva, Infectologia

 

Resumo

Pneumonia associada à ventilação mecânica é a complicação infecciosa mais comum em pacientes de UTI e está associada a uma alta taxa de mortalidade. A prevenção da PAV é um item que faz parte de qualquer programa de qualidade hospitalar. Diversas intervenções são descritas como efetivas para a prevenção da PAV, entre destas, a higiene oral. Contudo, os resultados de diversos estudos têm sido contraditórios.

 

Contexto clínico

A pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV) é a infecção nosocomial mais comum em UTI e associa-se a uma alta taxa de mortalidade e custos. Sua prevenção, portanto, é um item fundamental em qualquer UTI. Como o mecanismo patogênico mais importante da PAV é a aspiração de secreções orofaríngeas colonizadas, o uso de antissépticos orais pode ter um impacto na prevenção desta infecção. O presente estudo é uma revisão sistemática e metanálise que se propôs a avaliar a eficácia da clorexidina e de povidine na prevenção de PAV.

 

O estudo

Foram incluídos estudos randomizados de pacientes sob ventilação mecânica que tenham recebido clorexidina ou povidine. O desfecho primário avaliado foi a incidência de PAV. Os achados foram avaliados quanto à sua heterogeneidade.

Foram incluídos 12 estudos com clorexidina (2.341 pacientes) e 2 com povidine (140 pacientes). O uso de um antisséptico oral mostrou-se benéfico na redução de PAV (OR 0,67; IC 95% 0,50-0,88). Estes achados tiveram uma heterogeneidade moderada (38%). O benefício ocorreu com a clorexidina (OR 0,72; IC 95% 0,55-0,94; heterogeneidade moderada=29%), mas não com o povidine (OR 0,39; IC 95% 0,11-1,36). Concentrações mais elevadas de clorexidina (2%) associaram-se à redução da PAV (OR 0,53; IC 95% 0,31-0,91, heterogeneidade=0%). Clorexidina 0,12 e 0,2% não mostraram benefício na redução da PAV.

Em relação ao tipo de paciente, os benefícios foram maiores no grupo de cirurgia cardíaca (OR 0,41; IC 95% 0,17-0,98, heterogeneidade=0%). Os benefícios em pacientes de UTI mista ou UTI cirúrgica foram marginais e com maior grau de heterogeneidade.

 

Aplicações para a prática clínica

Esta metanálise documentou a eficácia do uso de antissépticos orais na prevenção de PAV. Ao se realizar a análise por subgrupos, observou-se que os benefícios devem-se sobretudo à clorexidina 2% e o impacto é maior em pacientes em pós-operatório de cirurgia cardíaca. É interessante o fato de, ao que parece, a concentração de 0,12% recomendada pelo CDC não trazer benefícios. Os dados com povidine provêm de estudos pequenos e ainda não se pode concluir sobre seu potencial benefício. Desta forma, de acordo com os dados desta metanálise, o uso de clorexidina deve ser recomendado em pacientes sob ventilação mecânica.

 

Glossário

Metanálise: técnica estatística que permite unir dados de diversos estudos e avaliar seus resultados em conjunto.

 

Bibliografia

1.   Labeau SO, Van de Vyver K, Brusselaers N, Vogelaers D, Blot SI. Prevention of ventilator-associated pneumonia with oral antiseptics: a systematic review and meta-analysis. Lancet Infect Dis. 2011 Nov;11(11):845-54. [Link para Resumo] (Fator de impacto: 16.140).

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal