FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Sucos ou Líquido de Reidratação em Crianças com GECA

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina da USP.
Supervisor do Pronto-Socorro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.
Diretor do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente.

Última revisão: 06/07/2016

Comentários de assinantes: 0

Contexto Clínico

O volume anual de episódios de gastroenterocolite aguda em crianças é bastante elevado. A base do tratamento de qualquer episódio desses é a prevenção da desidratação, realizando reidratação oral sempre que houver diarreia, uma abordagem consagrada conforme estudos realizados em países de baixa renda. A infusão de líquidos e eletrólitos por via intravenosa não é necessariamente melhor. Além disso, é mais caro reidratar dessa forma. Pais e cuidadores em 62% dos casos preferem a reidratação intravenosa, pois há muita dificuldade da aceitação da criança na reidratação oral. Sendo assim, a reidratação oral, apesar de mais custo-efetiva, é mais difícil de ser realizada.

Para tentar resolver essa questão, crianças com gastroenterite e desidratação mínima que procuraram atendimento em um departamento de emergência no Canadá foram randomizadas para consumir suco de maçã seguido por seus líquidos preferidos ou para o uso exclusivo de solução de manutenção de eletrólitos para repor as perdas. A hipótese dos pesquisadores é que permitir que as crianças bebam suco de maçã seguido por seus fluidos preferenciais não resultaria em um aumento da frequência de falha do tratamento em comparação com a manutenção de eletrólitos usando soluções de reidratação.

 

O Estudo

Este foi um estudo randomizado, de não inferioridade, realizado entre os meses de outubro e abril, durante os anos de 2010 a 2015, em um departamento de emergência pediátrica terciário em Toronto, Ontário, Canadá. Os participantes do estudo foram crianças de 6 a 60 meses com gastroenterite e desidratação mínima. Os participantes foram aleatoriamente designados para receber suco de maçã diluído pela metade/ fluidos preferidos (n = 323) ou solução de manutenção de eletrólito com sabor de maçã (n = 324). A terapia de reidratação oral seguiu protocolos institucionais independente do braço de randomização. Após a alta, o grupo do suco de maçã / fluidos preferidos recebeu fluídos como desejado; o grupo de solução de manutenção de eletrólito continuou recebendo essas soluções.

O desfecho primário avaliado foi um composto de falência terapêutica definida por qualquer um dos seguintes em um prazo de sete dias da randomização: reidratação intravenosa, hospitalização, consulta médica, sintomas prolongados, e 3% ou mais de perda de peso ou significativa desidratação no seguimento. Os desfechos secundários incluíram a reidratação intravenosa, hospitalização e frequência de diarreia e vômitos.

Entre 647 crianças randomizadas (idade média de 28,3 meses; 331 meninos [51,1%]; 441 (68,2%), sem evidência de desidratação), 644 (99,5%) completaram o acompanhamento. Para as crianças que receberam suco de maçã houve menos falhas de tratamento do que para as crianças que receberam solução de manutenção de eletrólito (16,7% vs 25,0%; diferença, -8,3%; IC97,5% -infinito para -2,0%; P <0,001 para inferioridade e P = 0,006 para a superioridade). Menos crianças que receberam suco de maçã / fluidos preferenciais receberam reidratação intravenosa (2,5% vs 9,0%; diferença, -6,5%; IC99% -11,6% para -1,8%). As taxas de hospitalização e diarreia e vômitos não foram significativamente diferentes entre os grupos.

        

Aplicações Práticas

A despeito desse estudo não ser aplicável a realidades com menos recursos econômicos, essa pesquisa é excelente para mostrar que em casos mais leves de GECA em crianças entre 6 meses e 5 anos é preferível dar sucos e líquidos que a criança goste mais para garantir a hidratação e sucesso de tratamento. Esse dado pode facilitar muito a vida dos pais e dos médicos que estão orientando famílias em situações de casos mais leves.

 

Referências

Freedman SB et al. Effect of dilute apple juice and preferred fluids vs electrolyte maintenance solution on treatment failure among children with mild gastroenteritis: A randomized clinical trial. JAMA 2016 Apr 30; [e-pub]

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal