FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Comparação de Duas Metas de Colesterol Após AVC Isquêmico

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado pela Disciplina de Emergências Clínicas Faculdade de Medicina da USP; Médico e Especialista em Clínica Médica pelo HC-FMUSP; Diretor Científico do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente (IBSP); Membro da Academia Brasileira de Medicina Hospitalar (ABMH); Assessor da Diretoria Médica do Hospital Samaritano de São Paulo.

Última revisão: 23/04/2020

Comentários de assinantes: 0

Contexto Clínico

 

Recomenda-se o uso de terapia intensiva para baixaros lipídios por meio de medicamentos com estatina após ataque isquêmicotransitório (AIT) e acidente vascular cerebral isquêmico de origematerosclerótica. Porém, não se sabe qual o melhor nível-alvo para o colesterolLDL para reduzir os eventos cardiovasculares após o AVC, uma vez que tal nívelnão foi bem estudado.

 

O Estudo

 

Neste estudo de grupo paralelo realizado na França ena Coreia do Sul, os pesquisadores randomizaram pacientes com AVC isquêmico nos3 meses anteriores ou AIT nos últimos 15 dias para um nível de colesterol LDLdesejado inferior a 70 mg por decilitro (1,8 mmol por litro) (grupo-alvo maisbaixo) ou para uma faixa-alvo de 90 mg a 110 mg por decilitro (2,3 a 2,8 mmolpor litro) (grupo-alvo mais alto). Todos os pacientes apresentaram evidência deaterosclerose cerebrovascular ou coronariana e receberam estatina, ezetimiba ouambos. O desfecho primário composto dos principais eventos cardiovascularesincluía acidente vascular cerebral isquêmico, infarto do miocárdio, novossintomas que levavam a revascularização coronariana ou carotídea urgente oumorte por causas cardiovasculares.

Foram inscritos 2.860 pacientes e acompanhados poruma mediana de 3,5 anos; 1.430 foram atribuídos a cada grupo-alvo de colesterolLDL. O nível médio de colesterol LDL no início do estudo foi de 135 mg pordecilitro (3,5 mmol por litro), e o nível médio alcançado de colesterol LDL foide 65 mg por decilitro (1,7 mmol por litro) no grupo-alvo mais baixo e de 96 mgpor decilitro (2,5 mmol por litro) no grupo-alvo mais alto. O estudo foiinterrompido por razões administrativas após a ocorrência de 277 dos 385eventos finais previstos. O desfecho primário composto ocorreu em 121 pacientes(8,5%) no grupo-alvo mais baixo e em em 156 (10,9%) no grupo-alvo mais alto(taxa de risco ajustada, 0,78; intervalo de confiança de 95%, 0,61 a 0,98; P =0,04). A incidência de hemorragia intracraniana e diabetes diagnosticadorecentemente não diferiu significativamente entre os dois grupos.

 

Aplicação Prática

 

A partir desse ensaio clínico randomizado, podemosconcluir que, após acidente vascular cerebral isquêmico ou AIT com evidência deaterosclerose, os pacientes que receberam estatinas com o objetivo de obter um nível-alvode colesterol LDL inferior a 70 mg por decilitro apresentaram risco menor deeventos cardiovasculares subsequentes do que aqueles que receberam estatinaspara uma faixa-alvo de 90 mg a 110 mg por decilitro. Esse estudo podedirecionar para uma conduta mais agressiva em termos de controle de colesterolpós-AVC isquêmico.

 

Bibliografia

 

1.            Amarenco P et al. A Comparison of Two LDLCholesterol Targets after Ischemic Stroke. N Engl J Med 2020; 382:9-19.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.