FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "1 Introducao" obteve 708 resultados.

Página:  de 71

08/12/2009

Revisões

Introdução à Radiologia

...RES .721 – Embolização pulmonar sem enfarto .7211 – Radiografia de tórax normal .7212 – Artéria pulmonar principal proeminente .7213 – Diminuição das imagens vasculares (sinal de Westermark) .7214 – Edema hemorrágico localizado .7219 – Outros ......

Ver Índice

27/01/2012

Revisões Internacionais

Introdução à saúde da mulher: assistência primária feminina

...amenta valiosa para estabelecer a causa de uma secreção vaginal. Diretrizes preventivas primárias para mulheres não gravídicas Uma parte significativa das condições causadoras de maior morbidade e mortalidade na população feminina pode ser prevenida ou retardada pela identificação precoce e tratamento dos fatores de risco, bem como pela identificação de indivíduos que poderiam ser beneficia......

Ver Índice

02/02/2012

Revisões Internacionais

Introdução às doenças reumáticas

...veis de ácido úrico são normais em 20% dos pacientes com gota (isto é, resultados falso-negativos) e a maioria dos indivíduos que apresentam níveis elevados jamais desenvolverá artrite gotosa (resultados falso-positivos) [ver Doença articular induzida por cristais]. Investigações abrangentes e caras muitas vezes levam a conclusões equivocadas. A escassez de ferramentas laboratoriais auxiliares úte......

Ver Índice

11/11/2014

Revisões

Introdução à fisiologia do exercício: principais mecanismos

..., e a fórmula que se utiliza para obtê-la é: FC submáxima= FC máxima x 0,85 Em cardiologia e em medicina do esporte, utilizam-seas fórmulas de Vivacqua e Spagna para a reserva cronotrópica (RC) e o déficit cronotrópico (DF). RC = FCmáx – FC de repouso (também conhecida como FCmáx de reserva ou percentual de VO2máx, utilizado por Karnoven) DC = FCmáx prevista – FCmáx alcançada / FCmáx ......

Ver Índice

22/07/2015

Artigos

Idade de Introdução de Glúten na Dieta e Risco de Doença Celíaca

...s desenvolveram tTGA e 307 (5%) desenvolveram DC. Crianças suecas estavam em risco aumentado para tTGA (taxa de risco: 1,74; IC95%: 1,47 - 2,06) e DC (taxa de risco: 1,76; IC95%: 1,34 - 2,24) em comparação com as crianças americanas, respectivamente ( P <. 0001). A introdução de glúten na dieta antes de 17 semanas ou mais tarde do que 26 semanas não foi associada com aumento do risco de tTGA ou......

Ver Índice

12/05/2016

Revisões Internacionais

Introdução à imunologia clínica: visão geral de respostas imunes, de condições autoimunes e da terap

... vasculites associadas ao anticorpo anticitoplásmico de neutrófilos (ANCA, do inglês antineutrophil cytoplasmic antibody). Nem todos os autoanticorpos são necessariamente patogênicos. Alguns autoanticorpos podem surgir como consequência ao invés de causa. Com frequência, é comum a presença de autoanticorpos de baixa titulação em indivíduos saudáveis, sendo que há evidências crescentes que dão supo......

Ver Índice

15/03/2017

Artigos

Introdução de Ovos Cozidos Pode Prevenir Alergia Alimentar em Crianças

...pantes, que mostrou uma diferença significativa entre os dois grupos (4 [9%] de 47 participantes tinham alergia a ovos no grupo de ovo versus 18 [38%] de 47 no grupo de placebo; taxa de risco 0,222 [IC 95%, 0,081?0,607]; p = 0,0012). Na população de análise primária, 5 (8%) de 60 participantes tiveram alergia a ovos no grupo de ovo em comparação com 23 (38%) de 61 no grupo de placebo (taxa de risc......

Ver Índice

05/01/2011

Biblioteca Livre

Introdução

...de saúde informações sobre os avanços no que se refere à vigilância epidemiológica, além do diagnóstico e tratamento dessa e de outras doenças transmissíveis de interesse para a saúde coletiva. Gerson Oliveira Penna Secretário de Vigilância em Saúde SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta......

Ver Índice

01/04/2011

Biblioteca Livre

II. Introdução

...ontinuada para as novidades, tanto nos esquemas de classificação de risco quanto nas intervenções. Este Manual tem como objetivo nortear planos de ação de cuidado integral, com foco na prevenção destas doenças, sistematizando as condutas atuais recomendadas com base em evidências científicas para a identificação e manejo de indivíduos sem doença manifesta e em risco de desenvolverem doenças cardí......

Ver Índice

04/03/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Introdução - Primum Non Nocere

...ndial de Saúde (OMS) criou um grupo de trabalho com o objetivo de estudar metodologias para avaliar os riscos para a segurança do paciente nos serviços de saúde de forma sistemática. Do 55º. encontro da OMS, o World Health Assembly de 2002, resultou o programa que nasceu em 2004, a “Aliança Mundial pela Segurança do Paciente” (World Alliance for Patient Safety). Esse programa aponta alguns importa......

Ver Índice

Página:  de 71

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal