FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Impacto de Cdi em Insuficiencia Cardiaca Nao Isquemica" obteve 8 resultados.

Página:  de 1

20/10/2016

Artigos

Impacto de CDI em Insuficência Cardíaca Não Isquêmica

...ongo prazo de morte por qualquer causa, em comparação do cuidado clínico habitual. Sendo assim, não é uma conduta que pode ser recomendada. Bibliografia Kober L et al. Defibrillator Implantation in Patients with Nonischemic Systolic Heart Failure. NEJM August 28, 2016DOI: 10.1056/NEJMoa1608029 Impacto de CDI em Insuficência Cardíaca Não Isquêmica Lucas Santos Zambon Impacto de CDI e......

Ver Índice

26/03/2012

Revisões Internacionais

Insuficiência cardíaca – Mariell Jessup (MD)

...e: the ESCAPE trial. Circ Heart Fail 2008;1:170–7. 79. Ingle L, Rigby AS, Nabb S, et al. Clinical determinants of poor six-minute walk test performance in patients with left ventricular systolic dysfunction and no major structural heart disease. Eur J Heart Fail 2006;8:321–5. 80. Shah MR, Hasselblad V, Gheorghiade M, et al. Prognostic usefulness of the six-minute walk in patients with ......

Ver Índice

27/02/2018

Revisões Internacionais

Transplante Cardíaco

...la deverá ser mantida ao nível anterior. Após o tratamento do episódio de rejeição, deve-se fazer uma biópsia 2 a 4 semanas mais tarde para avaliar a resolução do problema. Nos casos em que as biópsias pós-rejeição forem negativas, pode-se prosseguir com o programa de redução gradual no uso de esteroides. De um modo geral, as biópsias são feitas em intervalos de 6 a 12 meses depois que o paciente......

Ver Índice

10/10/2012

Revisões Internacionais

Infarto agudo do miocárdio – Peter B. Berger

...a receber enoxaparina ou heparina não fracionada. Para pacientes com menos de 75 anos de idade, a enoxaparina foi administrada como bolo IV de 30 mg, seguido de uma injeção subcutânea de 1 mg/kg a cada 12 horas até a liberação hospitalar. A heparina não fracionada foi administrada como um bolo de 60 U/kg, seguido de 12 U/kg durante pelo menos 48 horas, mas de modo diferente do ramo tratado com eno......

Ver Índice

05/04/2009

Revisões

Indicações de Cardiodesfibrilador Implantável e Ressincronizador

...2001;344:873-880. 36. Silva RT, Martinelli Filho M, Lima CEB, et al. Comportamento funcional dos portadores de marcapasso convencional submetidos a ressincronização cardíaca. Arq Bras Cardiol. 2008;90(2):138-143. Indicações de Cardiodesfibrilador Implantável e Ressincronizador Carlos Eduardo Batista de Lima Rodrigo Tavares Silva Martino Martinelli Filho Indicações de Cardiodesfibrilador Implantáv......

Ver Índice

05/04/2009

Revisões

Indicações de Cardiodesfibrilador Implantável e Ressincronizador

...VE = 35%, IC CF III ou CF IV em acompanhamento ambulatorial com sintomas refratários à terapêutica medicamentosa otimizada e que sejam dependentes de estimulação cardíaca artificial. Classe IIb (TRC pode ser considerada) Pacientes com FEVE = 35%, IC CF I ou II recebendo terapêutica medicamentosa otimizada e que serão submetidos a implante definitivo de marcapasso ou CDI com presumida dependên......

Ver Índice

03/05/2010

Revisões

Envelhecimento Cardiovascular e Doenças Cardiovasculares em Idosos

...hecimento normal adquire status patológico, e quando a abordagem precoce e adequada se faz presente, tanto a longevidade quanto a qualidade de vida sofrem alterações. O envelhecimento atualmente consiste em um complexo processo biológico relacionado a fatores intrínsecos, como apoptose (morte celular programada), e extrínsecos, como doenças e estilo de vida. Estudos epidemiológicos têm demonstra......

Ver Índice

31/01/2014

Revisões Internacionais

Cardiopatia valvar – Miriam S. Jacob, Brian P. Griffin

...roduzida pela severa ampliação e hipertrofia ventricular esquerda, aliada ao suprimento reduzido de oxigênio, resultante da perfusão insuficiente das artérias coronárias. Esta subperfusão é causada pela baixa pressão diastólica que é característica desta condição. O sinal físico cardinal da insuficiência aórtica é um murmúrio diastólico de som alto, que é mais bem ouvido com o diafragma do esteto......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal