FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Cefaleia e Mialgia ha 2 Meses" obteve 114 resultados.

Página:  de 12

22/03/2010

Casos Clínicos

Cefaléia e mialgia há 2 meses

... Quais os 2 exames mais importantes para a confirmação diagnóstica? Como deve ser feito o tratamento? Fotografia do paciente Ver diagnóstico abaixo Diagnóstico Arterite temporal. Um exame diagnóstico fundamental neste paciente é a Velocidade de Hemossedimentação (VHS......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

V

...ática de anticorpos para estabelecer o intervalo). Tratamento pós-exposição t Indivíduos não imunizados: uma dose nos dias 0, 3, 7, 14 e 30 (total de cinco doses), além da imunoglobulina antirraiva no dia 0. A quinta dose pode ser aplicada no 28º dia. Uma dose de reforço no 90º dia é opcional. t Indivíduos imunizados: total de 2 doses com um intervalo de 3 a 7 dias entre elas. Nesse caso, nã......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...enosa, 1 vez ao dia. Administração t Injeção intramuscular: administrar não diluído. t Injeção intravenosa: administrar por 2 a 5 minutos como solução não diluída. t Infusão intravenosa diluída em 50 mL de solução de glicose 5% ou cloreto de sódio 0,9%: administrar durante 15 a 30 minutos. Aspectos farmacocinéticos clinicamente relevantes t Boa absorção após administração oral. Alimento......

Ver Índice

24/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 4 – Sistema de Vigilância Epidemiológica de Eventos Adversos Pós-vacinais

...servadoras, manipulação, conservação e administração); • relação aos vacinados (fatores predisponentes e/ou imunologicamente idiossincráticos). Apesar do constante aperfeiçoamento dos métodos de produção e purificação das vacinas, estas são constituídas, em sua maioria, por agentes infecciosos atenuados ou inativados ou por algum dos seus produtos ou componentes, podem induzir a eventos ......

Ver Índice

31/03/2015

Revisões Internacionais

Zoonoses Virais

...em no Meio-Oeste e no Sudeste. Diagnóstico. A razão infecção: doença clínica é alta, variando de 800:1 entre crianças com menos de 10 anos a 85:1 entre indivíduos com mais de 60 anos. A doença varia de febre com cefaleia a meningite asséptica até encefalite. A idade avançada é o fator de risco mais forte tanto de doença sintomática como de encefalopatia grave. A ESL deve ser considerada no diagnó......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

L

... Contraindicações t Hipersensibilidade a qualquer componente da fórmula. t Sangramento genital de etiologia desconhecida. t Porfiria. t Doença arterial grave, distúrbios tromboembólicos t Gravidez. Fator de risco na gravidez (FDA): X (ver apêndice A). Precauções t Usar com cuidado nos casos de: – diabetes. – insuficiência hepática (ver Apêndice C). – ocorrênc......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

P

...masculino é produto de certificação de qualidade obrigatória. No Brasil, todos os preservativos devem ter selo de aprovação do Inmetro. O látex é sensível a calor, umidade e luz. As embalagens do preservativo devem ser impermeáveis, opacas e protegidas por folha metálica no seu interior. Os preservativos devem ser guardados em locais frescos e secos, ao abrigo de luz direta. t A frequência de ru......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

R

...ra o Documento Original] Série B. Textos Básicos de Saúde MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos Brasília / DF – 2010 Ranitidina (ver Cloridrato de Ranitidina) Retinol (ver Palmitato de Retinol) Rifampicina Silvio Barberato Filho e Maria Inês de Toledo Na Rename 2010: it......

Ver Índice

30/05/2010

Revisões

Doenças exantemáticas na infância

...se até a forma de crostas. 4. Período de incubação: de 14 a 21 dias. 5. Manifestações clínicas: a infecção primária resulta na varicela; como o vírus permanece quiescente nos gânglios da raiz dorsal, pode haver reativação na forma de herpes zoster. A varicela caracteriza-se por exantema vesicular generalizado e pruriginoso (entre 250 a 500 lesões), acompanhada de febre e sintomas sistê......

Ver Índice

08/08/2009

Revisões

Influenza (Gripe) Sazonal em pediatria

...nt and prevention. Semin Respir Crit Care Med. 2007;28:144-158. 31. Monto AS, Gravenstein S, Elliott M, Colopy M, Schweinle J. Clinical signs and symptoms predicting influenza infection. Arch Inter Med. 2000;160:3243-7. 32. Snacken R, Influenza Diagnosis Working Party. Managing Influenza in primary care: a practical guide to clinical diagnosis. Dis Manage Health Outcomes. 2000;8(2):79-85. 33. ......

Ver Índice

Página:  de 12

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal