FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Penfigo" obteve 41 resultados.

Página:  de 5

02/05/2016

Revisões Internacionais

Doenças Vesicobolhosas

...ão o impetigo bolhoso estafilocócico, a infecção pelo vírus do herpes simples e a infecção pelo vírus varicela-zoster. O impetigo bolhoso [ver Figura 22] é causado por uma toxina esfoliativa elaborada por Stafylococcus aureus, que clica a desmogleína 1 na camada granular. As formas localizadas podem ser tratadas topicamente. Lesões mais generalizadas requerem antibióticos orais. A síndrome da pele......

Ver Índice

20/10/2008

Revisões

Lesões de Cavidade Oral

... O diagnóstico diferencial das lesões orais é amplo e as principais doenças serão discutidas a seguir. A tabela 1 associa as etiologias mais freqüentes com o aspecto macroscópico predominante. Tabela 1: Aspecto macroscópico da lesão relacionado com etiologia Aspecto macroscópico Etiologias mais freqüentes Lesões brancas Candidíase, leucoplasia, líquen plano, grânulo......

Ver Índice

20/10/2008

Revisões

Lesões de Cavidade Oral

...pstein Barr é considerado o fator causal, pois é isolado nas células epiteliais dessas lesões. Embora esse vírus esteja ligado a vários tipos de cânceres de cabeça e pescoço, não há constatação de transformação maligna. Acomete pacientes imunodeprimidos, principalmente aqueles infectados pelo HIV. O diagnóstico é clínico, e a biópsia incisional somente se justifica se o diagnóstico for duvidoso......

Ver Índice

09/05/2014

Revisões Internacionais

Reações farmacológicas cutâneas adversas

...uperação espontânea após a descontinuação do fármaco é observada em 15% dos pacientes afetados. Figura 4. Esta paciente de 59 anos de idade desenvolveu pênfigo vulgar ao tomar penicilamina para tratamento de artrite reumatoide. O tratamento do pênfigo fármaco-induzido começa pela descontinuação do fármaco. A administração de corticosteroides sistêmicos frequentemente se faz nece......

Ver Índice

21/03/2016

Revisões Internacionais

Reações Adversas a Medicações do Tipo Cutâneas

...Tabela 3]. O envolvimento ocular ocorre em cerca de 75% dos pacientes com SSJ e NET.63 Figura 7 Esta mulher de 50 anos desenvolveu necrólise epidérmica tóxica 17 dias após iniciar a terapia com fenitoína. Tabela 3 Características da síndrome de Stevens-Johnson e da necrólise epidérmica tóxica62 Classificação Síndrome de Stevens- Johnson Necrólise epidérmi......

Ver Índice

12/03/2014

Revisões

Alterações Dermatológicas e Síndromes Paraneoplásicas

...nas o tratamento paliativo do tumor é possível ou quando a síndrome paraneoplásica não regride, podem-se tentar abordagem terapêutica sintomática para as dermatoses. Nos quadros ictiosiformes e de espessamento cutâneo (palma em tripa e acantose nigricante), podem-se usar emolientes (ureia, lactato de amônio) e ceratolíticos (ácido salicílico) para proporcionar conforto ao paciente. O prurido paran......

Ver Índice

14/02/2009

Revisões

Doenças Frequentes da Vulva

... a consistência, a presença de dor à palpação, supuração, linfadenopatia regional ou generalizada e presença de lesões na cavidade oral ou outros locais. Tabela 3: Úlceras e fissuras vulvares comuns Doença Característica da úlcera Linfonodos Achados sistêmicos Exames laboratoriais NIV, carcinoma espinocelular, basocelular ou melanoma Geralmente solitária, não-dolor......

Ver Índice

14/02/2009

Revisões

Doenças Frequentes da Vulva

...ássio ou camomila. Infecção por EBV As infecções agudas por EBV são mais comuns na adolescente e caracterizam-se pela presença de febre, dor de garganta, linfadenopatia cervical e eventualmente úlceras genitais em indivíduos com cultura negativa para HSV. O diagnóstico confirma-se pela presença de linfócitos atípicos em sangue periférico e por testes sorológicos. O tratamento é sintomático. ......

Ver Índice

26/06/2009

Revisões

Anatomia e Fisiologia da Pele

...neira cíclica, podendo-se identificar 3 fases distintas: · anágena: fase de crescimento ativo, com duração de 2 a 3 anos; corresponde a 85% dos cabelos; · catágena: fase de involução, com duração de 3 semanas; corresponde a 1% dos cabelos; · telógena: fase de queda, com duração de 3 a 4 meses; corresponde a 14% dos cabelos. As glândulas sebáceas são glândulas holócrinas cu......

Ver Índice

14/08/2012

Revisões Internacionais

Distúrbios esofágicos – Michael F. Vaezi

...ehta S, et al. The role of fi beroptic endoscopy in the management of corrosive ingestion and modified endoscopic classification of burns. Gastrointest Endosc 1991;37:165–9. 106. Applequist P, Salmo M. Lye corrosion carcinoma of the esophagus: a review of 63 cases. Cancer 1980;45:2655–8. 107. Hirota WK, Zuckerman MJ, Adler DG, et al. ASGE guideline: the role of endoscopy in the surveilla......

Ver Índice

Página:  de 5

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal