FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Profilaxia de Trombose Venosa Profunda Tvp" obteve 28 resultados.

Página:  de 3

06/12/2013

Revisões Internacionais

Tromboembolia venosa

...1 porção de peixe por semana. Trombofilia Os 2 fatores de risco genéticos mais comuns para o desenvolvimento de TEV são o fator V de Leiden, que causa resistência à proteína C ativada, e a mutação do gene da protrombina, que é uma mutação (G20210A) na região 3’ não traduzida do gene codificador da protrombina. A causa adquirida (não genética) mais comum é a síndrome do anticorpo antifosfolipí......

Ver Índice

19/03/2013

Revisões

Acessos vasculares

...u a Candida sp , os quais estão ligados à baixa taxa de salvamento dos cateteres, a retirada do cateter é obrigatória1,9,10. O agente mais comum destas infecções é o Staphylococcus aureus, seguido das infecções por agentes gram-negativos. Outros agentes comumente encontrados neste tipo de infecção são o Staphylococcus coagulase-negativo e a Candida sp. Quando a infecção ocorre ......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...horas antes do procedimento ou 12 a 24 horas após. Alternativamente, iniciar na metade da dose de alto risco 4 a 6 horas após o procedimento. Para pacientes com alto risco de sangramento, é recomendada a profilaxia mecânica com meias de compressão elástica ou compressão pneumática intermitente, e, quando o risco diminuir, é recomendado que a profilaxia medicamentosa substitua ou seja adicionada ......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...mbulação precoce. Cirurgias com Risco Moderado de Tromboembolismo Em procedimentos maiores (p.ex., cirurgias torácicas, urológicas, abdominais, ginecológicas) para doenças benignas, indicar profilaxia com heparinas de baixo peso molecular ou heparina não-fracionada. Esta é preferível pelo menor custo, sendo utilizada na dose de 5.000 unidades a cada 12 horas ou a cada 8 horas. Cirurgias c......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...ra os pacientes nos quais for indicada a profilaxia, esta geralmente deve ser mantida até a alta hospitalar. Cirurgias de Baixo Risco de Tromboembolismo Pacientes submetidos a cirurgias de pequeno porte ou laparoscopias em pacientes sem fatores de risco adicional – estimular deambulação precoce. Cirurgias com Risco Moderado de Tromboembolismo Em procedimentos maiores (p.ex., cirurgias to......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...iratória severa. · Indicar profilaxia nos pacientes acamados e com um ou mais fatores de risco adicionais, incluindo câncer, tromboembolismo prévio, sepse, doença neurológica aguda e doença inflamatória intestinal. · Em pacientes admitidos em unidades de terapia intensiva, é indicada a tromboprofilaxia para a grande maioria dos pacientes. · Podem ser usados na profilaxia heparinas de baixo p......

Ver Índice

06/04/2011

Artigos

Pacote de Intervenções para Melhoria de UTI

...al precoce (<48h) e avaliação diária do risco de desenvolvimento de úlcera de pressão (UP) pela escala de Braden. Após o período de estudo, todas as UTIs receberam as intervenções que não haviam recebido no período de estudo. O pacote de intervenções para cada prática incluiu medidas educacionais (videoconferências e material de leitura), lembretes (pôsteres, cartões, checklists) e auditoria e......

Ver Índice

12/03/2014

Artigos

Tromboembolismo Venoso em Pós-Operatório: Análise deste Indicador de Qualidade

...uma complicação pós-operatória comum que continua a ser uma das principais causas potencialmente evitáveis ??de morbidade pós-operatória e mortalidade. A AHRQ (Agency for Healthcare Research and Quality) dos EUA, é uma agência voltada para pesquisa em segurança do paciente e qualidade assistencial, que desenvolveu diversos indicadores, entre eles um de taxa de TEV pós-operatório. Este indicador fo......

Ver Índice

16/11/2018

Revisões Internacionais

Acidente Vascular Cerebral e Outras Doenças Cerebrovasculares

...06;355:549. 57. MRC/BHF Heart Protection Study of cholesterol lowering with simvastatin in 20536 high-risk individuals: a randomised placebo-controlled trial. Heart Protection Study Collaborative Group. Lancet 2002;360:7. 58. Rubins HB, Robins SJ, Collins D, et al. Gemfibrozil for the secondary prevention of coronary heart disease in men with low levels of high-density lipopro......

Ver Índice

08/03/2019

Artigos

Apixabana para Prevenção de Tromboembolismo Venoso em Pacientes com Câncer

...essaltar que a população estudada não incluiu, de forma expressiva, pacientes com disfunção renal significativa (TFG <50mL/min/1,73m²), pior performance status (ECOG =2), história prévia de TEV, baixo risco de TEV (Khorana = 0-1) ou pacientes internados. Assim, seus resultados não devem ser extrapolados para essas populações. A população estudada também não incluiu pacientes com alto risco de ......

Ver Índice

Página:  de 3

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal