FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Taquicardia Por Reentrada Nodal" obteve 11 resultados.

Página:  de 2

26/03/2012

Revisões Internacionais

Fibrilação atrial – Gregory F. Michaud (MD) e Roy M. John (MD, PhD)

...pia com fármacos antiarrítmicos [Figura 4]. Na FA paroxística, atacar os focos deflagradores de FA – que emanam primariamente das veias pulmonares – é capaz de prevenir com sucesso arritmia recorrente na maioria dos pacientes. Uma metanálise de estudos randomizados de IVP versus outras tentativas na terapia farmacológica para FA paroxística mostrou um aumento marcante da sobrevida livre de FA ap......

Ver Índice

30/10/2013

Revisões

Arritmias

...do com o nível de bloqueio no sistema de condução. O BAV de primeiro grau caracteriza-se por um intervalo P-R maior do que 0,20 s, sendo que todos os impulsos são conduzidos. No BAV de segundo grau, nem todos os impulsos são conduzidos, podendo ser classificado em Mobitz tipo I (ou Wenckebach) e Mobitz tipo II. No tipo I, ocorre um prolongamento progressivo do intervalo P-R, precedendo onda P não ......

Ver Índice

15/12/2009

Casos Clínicos

Taquiarritmias e Medicações Antiarrítmicas

...ados na prevenção de taquicardias paroxísticas supraventriculares e no controle da resposta ventricular no caso de fibrilação e flutter atrial. Podem ser usados na prevenção de taquicardias ventriculares induzidas pelo esforço, nas taquicardias ventriculares idiopáticas e na síndrome do QT longo. Posologia · Propranolol 40 a 240 mg/dia, via oral, divididos em 3 doses. I A dose intravenos......

Ver Índice

21/01/2015

Revisões

Taquiarritmias Supraventriculares

...sas prolongadas ou baixa resposta ventricular sem o uso de medicações que bloqueiem o nó AV, a decisão quanto à cardioversão deve ser cuidadosamente confrontada com os potenciais riscos de uma bradiarritmia grave. O tratamento agudo do flutter atrial pode envolver ainda somente o controle da resposta ventricular com a administração de bloqueadores de canais de cálcio (diltiazem 0,25 mg/kg IV ou v......

Ver Índice

06/06/2012

Revisões Internacionais

Taquicardia supraventricular – Melvin M. Scheinman, M.D. e Sirisha Sundara, M.D.

...nsiderada automática, caracteriza-se por frequências atriais de 100 a 130 batimentos/min, 3 ou mais ondas P (não sinusais) morfologicamente distintas e condução AV variável. É uma condição que costuma estar associada a doença respiratória e à insuficiência cardíaca. A hipoxemia constitui um achado frequente. A arritmia pode ser exacerbada pelo excesso de digitálicos, bem como por toxicidade da teo......

Ver Índice

01/04/2019

Casos Clínicos

Eletrocardiograma 72

... atrial, freqüência da onda P e condução através do nó atrioventricular. Em geral, nas taquicardias atriais, o intervalo RP é maior que o intervalo PR. Nessa situação, o diagnóstico diferencial inclui taquicardia por reentrada nodal do tipo incomum e taquicardia atrioventricular por movimento circular mediada por via acessória com condução retrógrada lenta. Algumas características das taquicardias......

Ver Índice

01/04/2019

Casos Clínicos

Eletrocardiograma 8

... diagnóstico abaixo Interpretação 1) Frequência cardíaca = 200, regular 2) Não se observam ondas P 3) Morfologia do QRS = orientação em + 47o , duração de 75 ms (estreito), entalhe final do QRS (pseudo S em DI e pseudo R em V1 à onda P retrógrada) 4) Extrassístoles isoladas ......

Ver Índice

01/04/2019

Casos Clínicos

Eletrocardiograma 27

...e P’R; · Onda P negativa em D2, D3, AVF e V3 a V6. Uma vez que o nó AV é parte integrante do circuito de reentrada, o manejo agudo assemelha-se ao da taquicardia por reentrada nodal AV. A profilaxia nos casos recorrentes se faz com propafenona, disopiramida, sotalol ou amiodarona. As indicações de ablação com cateter são muito semelhantes àquelas da taquicardia por reentr......

Ver Índice

24/04/2015

Revisões

Fibrilação atrial

...cerca de 25% em homens e mulheres com 40 anos ou mais, enquanto que para aqueles sem insuficiência cardíaca congestiva anterior ou concomitante ou infarto do miocárdio o risco de vida é de cerca de 16%. A presença de fibrilação atrial aumenta de forma independente o risco de mortalidade e morbidade por acidente vascular cerebral e tromboembolismo, insuficiência cardíaca congestiva e redução da qua......

Ver Índice

14/06/2019

Revisões

Fibrilação atrial

...rmediário se de 1 ou mais pontos; e baixo risco se sem pontuação. Esse escore parece classificar melhor os pacientes com risco de eventos embólicos e, hoje em dia, é considerado o padrão a ser seguido para indicação de anticoagulação. Em pacientes de alto risco, deve ser dada a anticoagulação oral, enquanto que os com risco moderado (ou intermediário) podem ser tratados com anticoagulante oral ou ......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal