FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Qual a chance de uma criança com pneumonia ser reinternada?

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina da USP.
Supervisor do Pronto-Socorro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.
Diretor do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente.

Última revisão: 06/10/2014

Comentários de assinantes: 0

Especialidades: Pediatria/Medicina Hospitalar

 

Contexto Clínico

        Pneumonia é a principal causa de internação hospitalar, bem como de reinternação para crianças. Compreender as características do paciente associados às readmissões causadas por pneumonia é algo necessário, uma vez que podem ser traçadas estratégias para reduzir hospitalizações que possam ser evitáveis.

 

O Estudo

        O objetivo deste estudo foi caracterizar as taxas de readmissão e identificar os fatores e os custos associados com a readmissão entre crianças previamente hospitalizadas com pneumonia. Para tal, foi desenvolvido um estudo observacional do tipo coorte retrospectiva com crianças hospitalizadas com pneumonia em 43 hospitais entre 1 de Janeiro de 2008 e 31 de dezembro de 2011. O desfecho primário avaliado  foram todas as causas de readmissão no prazo de 30 dias após a alta hospitalar, e o desfecho secundário foram readmissões específicas por pneumonia.

       Um total de 82.566 crianças foram hospitalizadas com pneumonia (idade média, três anos; intervalo interquartil 1-7) no período de análise. As taxas de readmissão em 30 dias por causas gerais e por pneumonia foram de 7,7% e 3,1%, respectivamente. As taxas de readmissão foram maiores entre as crianças <1 ano de idade, bem como em pacientes com internações anteriores, hospitalizações iniciais mais longas e com pneumonia complicada. As crianças com condições médicas crônicas eram mais propensas a experimentar todas as causas de readmissão (OR: 3,0; IC95%: 2,8-3,2) e por pneumonia (OR: 1,8; IC95%: 1,7-2,0) em comparação com as crianças sem condições crônicas. O custo médio de uma readmissão foi maior do que a de um índice de admissão (P = 0,01). Readmissões ocorreram em 8% das internações por pneumonia, mas foi responsável por 16,3% dos custos totais de todas as internações por pneumonia.

 

Aplicações Práticas

        Este estudo do tipo coorte traz importantes informações sobre uma situação que sem dúvida é das mais importantes em termos de internação na faixa etária pediátrica, que é pneumonia. O estudo demonstra que readmissões são comuns após a hospitalização inicial por pneumonia, especialmente entre as crianças e as pessoas com condições médicas crônicas, e isso está associado a custos substanciais. Observando os grupos de maior risco, que são as crianças <1 ano de idade, bem como em pacientes com internações anteriores, hospitalizações iniciais mais longas, e com pneumonia complicada, estratégias de monitoramento ambulatorial poderiam ser traçadas, e seu impacto em termos de readmissões medidos, tentando melhorar esta realidade.

 

Bibliografia

Neuman MI et al. Readmissions among children previously hospitalized with pneumonia. Pediatrics 2014 Jul; 134:100. (link para o artigo).

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal