FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

SMS para modificar estilo de vida em pacientes coronarianos

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado pela Disciplina de Emergências Clínicas Faculdade de Medicina da USP; Médico e Especialista em Clínica Médica pelo HC-FMUSP; Diretor Científico do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente (IBSP); Membro da Academia Brasileira de Medicina Hospitalar (ABMH); Assessor da Diretoria Médica do Hospital Samaritano de São Paulo.

Última revisão: 22/01/2016

Comentários de assinantes: 0

Contexto Clínico

Em um mundo cada vez mais competitivo e veloz, uma grande dificuldade das pessoas é modificar seus estilos de vida para hábitos mais saudáveis. Em portadores de doenças cardiovasculares isso é fundamental. Entretanto, muitas estratégias não chegam a ser utilizadas ou falham no seu propósito. Estratégias que envolvessem dispositivos móveis poderiam abordar esta lacuna, mas falta evidência de benefício terapêutico desse tipo de intervenção. Sendo assim, pesquisadores realizaram um estudo para examinar o efeito de um programa de apoio sobre fatores de risco cardiovasculares focado no estilo de vida entregue por mensagem de texto em telefone móvel.

 

O Estudo

Foi realizado um ensaio clínico randomizado, duplo-cego, sobre mensagens de texto (SMS) sobre tabaco, dieta e exercício. O estudo recrutou 710 pacientes (idade média de 58 anos [desvio padrão 9,2]; 82% homens; 53% fumantes atuais) com doença coronariana comprovada  (infarto do miocárdio prévio ou angiograficamente comprovada) entre setembro de 2011 e novembro 2013 a partir de um grande hospital terciário em Sydney, Austrália.

Os pacientes do grupo de intervenção (n = 352) receberam quatro mensagens de texto por semana durante seis meses, em adição ao tratamento usual. As mensagens de texto consistiam em lembretes motivacionais e de apoio para mudar comportamentos de vida. Os pacientes do grupo controle (n = 358) receberam o cuidado usual. As mensagens para cada um dos participantes foi selecionada a partir de um banco de mensagens de acordo com as características de base (por exemplo, fumo) e entregue através de um sistema de gestão informatizado de mensagem automatizada. O programa não era interativo. O ponto final primário avaliado foi nível de colesterol LDL em seis meses. Os desfechos secundários incluíram  pressão sistólica arterial, índice de massa corporal (IMC), atividade física e tabagismo.

Com seis meses, os níveis de LDL foram significativamente menores nos participantes da intervenção (diferença média, -5 mg / dL [IC 95% -9 a 0]; P = 0,04). Houve reduções simultâneas da pressão arterial sistólica (-7,6 mm Hg [IC 95% -9,8 a -5,4]; P <0,001) e IMC ([IC 95% -1,6 a -0,9] -1,3; P <0,001), aumentos significativos na atividade física (293 MET min / sem [IC95% 102 a 485]; P = 0,003), e uma redução significativa no hábito de fumar (26% vs 44%; risco relativo, 0,61 [IC95% 0,48 para 0,76]; P <0,001). A maioria relatou que o programa de mensagens de texto era útil (91%), fácil de compreender (97%) e adequada em frequência (86%).

 

Aplicações Práticas

 Em um mundo onde a conectividade impera, e está inserida fortemente na vida das pessoas, temos um estudo que demonstra claramente que uma intervenção simples com SMS pode ser benéfica para modificar o estilo de vida de pacientes cardiopatas. Entre os pacientes com doença cardíaca coronária, o uso de um serviço de mensagens de texto com foco no estilo de vida em comparação com os cuidados habituais resultou em uma modesta melhoria no nível de LDL e maior melhora em outros fatores de risco para doenças cardiovasculares. Não sabemos se esses efeitos são duradouros, mas os resultados foram muito interessantes, e demonstram que esse é um caminho a ser adotado.

 

Referências

Chow CK et al. Effect of Lifestyle-Focused Text Messaging on Risk Factor Modification in Patients With Coronary Heart Disease. A Randomized Clinical Trial. JAMA. 2015;314(12):1255-1263

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal