FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Sindrome de Stevens Johnson" obteve 110 resultados.

Página:  de 11

12/08/2016

Casos Clínicos

Sindrome de Stevens-Johnson

...e e a dimensão do envolvimento cutâneo é na verdade o diferencial entre as duas condições. Os pacientes podem evoluir com febre e toxicidade sistêmica importante, com desidratação e outras complicações, como infecções secundárias e até insuficiência respiratória pelo acometimento de mucosas. As lesões evoluem em um período entre um dia a duas semanas. As lesões envolviam menos de 10% da superfíci......

Ver Índice

21/03/2016

Revisões Internacionais

Reações Adversas a Medicações do Tipo Cutâneas

...epidérmica tóxica [NET] e reação do tipo doença do soro). De que forma um fármaco consegue causar reações cutâneas continua sendo um mistério apenas parcialmente compreendido. Os quatro componentes principais de uma reação iniciam com a genética do paciente, a farmacologia e o metabolismo do medicamento, a existência de infecções prévias e a natureza da resposta imune. Muitas RAMs cutâneas graves......

Ver Índice

09/05/2014

Revisões Internacionais

Reações farmacológicas cutâneas adversas

...o covalente às proteínas. Em alguns destes indivíduos, os adutos de metabólito-proteína podem deflagrar uma resposta imune que resulta em RAM cutânea. Além disso, a detecção da proliferação de células T fármaco-específicas evidencia que estas células estão envolvidas nas erupções cutâneas severas. A citotoxicidade mediada por perforina e granzima, restrita ao complexo de histocompatibilidade princ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

S

...as Pré-medicação anestésica t 0,02 mg/kg, por via intramuscular ou subcutânea, 30 a 60 minutos antes da indução da anestesia. Dose máxima: 0,6 mg. t 0,02 mg/kg, por via intravenosa, imediatamente antes da indução da anestesia. Dose máxima: 0,6 mg. Profilaxia e correção de bradicardia no ato cirúrgico t 0,02 mg/kg, por via intravenosa, com dose mínima de 0,1 mg e dose máxima de 0,5 mg em cr......

Ver Índice

02/05/2016

Revisões Internacionais

Doenças Vesicobolhosas

...6–8. 68.Caldwell JB, Yancey KB, Engler RJ, et al. Epidermolysis bullosa acquisita: ef?cacy of high-dose intravenous immunoglobulins. J Am Acad Dermatol 1994;31:827–8. 69.Ko?er H, Wambacher-Gasser B, Topar G, et al. Intravenous immunoglobulin treatment in therapy-resistant epi- dermolysis bullosa acquisita. J Am Acad Dermatol 1997;36: 331–5. 70.Gürcan HM, Ahmed AR. Current concepts in the treatm......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...ões de medicamentos t Alprazolam, antidepressivos tricíclicos, antipsicóticos, aripripazol, carbamazepina, clozapina, digitálicos, fenitoína, haloperidol, metoprolol, risperidona, trazodona: têm sua toxicidade aumentada. O uso concomitante não é recomendado. t Anticoagulantes, antiplaquetários, clozapina, galantamina: têm seus efeitos potencializados. Monitorar sinais de sangramento ao usar fárm......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

F

...ida. t Observar orientação específica do produtor quanto a diluição, compatibilidade e estabilidade da solução. t O preparo da solução para infusão deve ser feito, imediatamente antes da administração, pela adição da fenitoína em até 50 mL de cloreto de sódio 0,9% injetável e concentração final entre 1 a 10 mg/mL de fenitoína base. O tempo de infusão deve ser no máximo 1 hora. O equipo deve ser ......

Ver Índice

04/06/2009

Biblioteca Livre

Escolha do Esquema Inicial (Como Iniciar)

...dicamentos; · Adequação do esquema à rotina de vida do paciente; · Interação com a alimentação; · Custo dos medicamentos. A terapia inicial deve sempre incluir combinações de três drogas: dois Inibidores da Transcriptase Reversa Análogos de Nucleosídeos (ITRN) associados a um Inibidor de Transcriptase Reversa Não-análogo de Nucleosídeo (ITRNN) ou a um Inibidor da Protease ref......

Ver Índice

14/04/2016

Revisões

Reações medicamentosas exantematosas

... dos casos de reações exantemáticas, o medicamento mais provável causador da erupção e que pode ser retirado e evitada no futuro. Em algumas circunstâncias alguns exames podem auxiliar a identificar o agente causador, assim a detecção in vitro de anticorpos IgE específicos auxiliam na identificação de casos de urticária, angioedema e anafilaxia devido a antibióticos beta-lactâmicos e algumas outra......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

I

...pós dose única de 100 mg), 35 h a 64 h no estado estacionário (200 mg/dia por 15 dias) t Distribuição ampla no organismo, mas apenas uma pequena quantidade se distribui para o fluido cérebro espinhal. t Metabolismo: hepático (citocromo P450 isoenzima CYP3A4, principal metabólito itraconazol hidróxido com atividade antifúngica comparável à do itraconazol). t Excreção: renal (40% como metabólitos......

Ver Índice

Página:  de 11

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal