FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Diverticulose se Associa a Diarréia e Não a Constipação

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina da USP.
Supervisor do Pronto-Socorro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.
Diretor do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente.

Última revisão: 10/03/2017

Comentários de assinantes: 0

Contexto Clínico

A doença diverticular sintomática não complicada é considerada como uma entidade clinicamente distinta da síndrome do intestino irritável (SII), apesar de haver dificuldade de alguns médicos em estabelecer o diagnóstico diferencial adequadamente. Muito disso se deve ao fato de que os dados populacionais sobre as características da doença diverticular não estarem disponíveis na literatura. O objetivo deste estudo foi investigar a prevalência de diverticulose na população em geral, e sua associação com sintomas de cólon e de saúde mental. Os autores do estudo acreditavam que os indivíduos com diverticulose pudessem relatar mais constipação, o que serviria para diferenciar do diagnóstico de SII.

 

O Estudo

Esse estudo de base populacional foi realizado na Suécia com adultos selecionados aleatoriamente (idade, 18-70 anos; 57,2% de mulheres). Na população investigada, 745 receberam atendimento de um gastroenterologista, que completou a análise de sintomas abdominais com questionário validado, bem como de sintomas relacionados à saúde mental. Os pacientes também foram submetidos à colonoscopia. A regressão logística foi utilizada para calcular as associações entre diverticulose e idade, sexo, sintomas gastrointestinais, ansiedade, depressão e autopercepção de saúde.

Entre os 742 participantes (54,6% mulheres), 130 (17,5%) tinham diverticulose. A idade foi o mais forte preditor de diverticulose (p < 0,001), e foi rara nos participantes com idade inferior a 40 anos (0,7%). Todos os participantes com diverticulose tinham envolvimento do sigmoide; e eram mais propensos a relatar fezes soltas (odds ratio [OR], 1,88; intervalo de confiança [IC] 95% 1,20-2,96), urgência (OR 1,64; IC 95% 1,02-2,63), saída de muco (OR 2,26; IC 95% 1,08-4,72), e alta frequência de fezes (OR 2,02; IC 95%, 1,11-3,65). A diverticulose foi associada com dor abdominal (OR 2,10; IC 95%, 1,01-4,36; p = 0,047) e diarreia predominante de característica semelhante à SII (OR 9,55; IC95%, 1,08-84,08; p = 0,04) em participantes acima de 60 anos. A presença de ansiedade e depressão e a autopercepção de saúde foram semelhantes nos participantes com e sem diverticulose.

 

Aplicação Prática

Baseando-se nos resultados obtidos neste estudo, é possível verificar que a prevalência de diverticulose é dependente da idade na população. A diverticulose é associada com diarreia em indivíduos em todas as faixas etárias, e não com constipação, como muitos pensam. Em indivíduos com mais de 60 anos de idade, a diverticulose está associada à dor abdominal e diarreia, predominante de característica semelhante à SII. Este estudo visa desmistificar a diverticulose como doença associada à constipação, e demonstra a sua associação com sintomas característicos de SII em pacientes mais velhos.

 

Referências

Sehgal MEJ et al. Symptomaticdiverticulosis is characterizedbyloosestools. ClinGastroenterolHepatol 2016 Jun 21; [e-pub]

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal