FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Antiarritmicos ou Ablacao na Fibrilacao Atrial" obteve 8 resultados.

Página:  de 1

24/04/2015

Revisões

Fibrilação atrial

...la, os resultados do estudo ACTIVE-W mostraram superioridade clara da varfarina sobre a aspirina e clopidogrel combinados para a prevenção do AVC. Além disso, a aspirina e o clopidogrel reduziram a taxa de AVC isquêmico em 28% em comparação com aspirina. O risco de hemorragia grave com aspirina e clopidogrel foi de 2% ao ano, o que foi superior em comparação com a aspirina isolada, e semelhante às......

Ver Índice

06/06/2012

Revisões Internacionais

Taquicardia supraventricular – Melvin M. Scheinman, M.D. e Sirisha Sundara, M.D.

...co da TAF incluem o desenvolvimento de um algoritmo para identificação do sítio anatômico de origem, com base na morfologia da onda P.49 Uma nova técnica que emprega o mapeamento de superfície com multieletrodos para detecção do foco atrial parece ser igualmente promissora.50 Tratamento Terapia aguda O tratamento agudo da TAF tenta converter a arritmia ou retardar a frequência cardíaca. Os f......

Ver Índice

21/01/2015

Revisões

Taquiarritmias Supraventriculares

... 70 ms, juntas à porção terminal do complexo QRS. Nas derivações inferiores, a onda P retrógrada é chamada de pseudo-S (deformidade negativa) e, em V1, de pseudo-R (deformidade positiva). Um intervalo RP longo (RP > PR) provavelmente está relacionado à presença de uma ativação atrioventricular anterógrada, portanto, a taquicardia mais frequentemente associada a este padrão eletrocardio......

Ver Índice

25/09/2012

Revisões Internacionais

Arritmias ventriculares – Christopher J.G. Gray, Lorne J. Gula, Andrew D. Krahn, Allan C. Skanes, Ra

...ados nestes estudos são razoáveis e também os melhores que podemos alcançar, porém carecem de robustez científica. O risco aumentado, bem como a sensibilidade, especificidade e valores preditivos dos fatores de risco não foram satisfatoriamente quantificados. Estes indivíduos necessitam ainda mais de um julgamento clínico criterioso e de comunicação clara. Muitas vezes, estes pacientes são mais be......

Ver Índice

31/07/2013

Artigos

Novidades em cardiologia publicadas em 2012

...acientes. A despeito de ser apenas um estudo, essa parece ser uma opção promissora. Duração do uso do betabloqueador após infarto agudo do miocárdio O uso de betabloqueadores reduz a mortalidade em pacientes com IAM recente, porém não se sabe por quanto tempo eles devem ser usados, sendo muitas vezes prescritos indefinidamente, o que tem base em estudos das décadas de 1980 e 1990. Um......

Ver Índice

26/03/2012

Revisões Internacionais

Fibrilação atrial – Gregory F. Michaud (MD) e Roy M. John (MD, PhD)

...ia sinusal sintomática, que pode impedir o uso de doses adequadas de agentes bloqueadores nodais AV para evitar frequências rápidas durante a FA. Um marcapasso atrial pode ser utilizado como terapia concomitante para dar suporte à função do nodo sinusal quando a terapia medicamentosa isolada não é tolerada. O betabloqueadores e os bloqueadores de canais de cálcio não hidropiridínicos (p. ex., di......

Ver Índice

03/05/2010

Revisões

Envelhecimento Cardiovascular e Doenças Cardiovasculares em Idosos

...ui o enchimento ventricular e o débito cardíaco. A fibrilação atrial é muito frequente na população idosa e com IC diastólica. Radiografia de tórax demonstra cardiomegalia na IC sistólica e coração de tamanho normal nos pacientes com IC e fração de ejeção normal. Na fase de descompensação, observa-se cefalização da trama vascular, derrame pleural e linhas de Kerley. O uso de BNP tipo B e pro-BNP......

Ver Índice

22/02/2016

Revisões

Morte súbita cardíaca e arritmias ventriculares

...e através da normalização da direção de repolarização. normalize. 11-TV em Pacientes com TdP TdP é a TV polimórfica, que ocorre em pacientes com coração estruturalmente normal, mas com intervalo QTc prolongado em que uma despolarização ventricular prematura segue um ciclo cardíaco prolongado, como no. Esta arritmias pode ser secundária a anormalidades eletrolíticas, bradiarritmias, ou efeito......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal