FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Cefalosporinas" obteve 171 resultados.

Página:  de 18

06/12/2012

Revisões Internacionais

Terapia antimicrobiana – Paul S. Pottinger, Timothy H. Dellit

... Combinações de penicilina com inibidores de betalactamase. O principal mecanismo de resistência às penicilinas consiste na produção bacteriana de enzimas betalactamase, que hidrolisam o anel betalactâmico e inativam a molécula. O clavulanato, sulbactam e tazobactam são compostos betalactâmicos que apresentam pouca atividade antibacteriana intrínseca (exceto o sulbactam nas infecções por Acin......

Ver Índice

04/07/2009

Casos Clínicos

Meningite

...no LCR. Ocorre perda da atividade contra Gram-positivos se comparada às cefalosporinas de 1ª geração. Com relação aos Gram-negativos, há ampliação do espectro com a inclusão de determinados gêneros, como Haemophilus spp. A bactéria anaeróbia Bacteroides fragilis também é sensível à cefoxitina. Apesar da resistência à inativação por determinadas betalactamases produzidas por patógenos resistente......

Ver Índice

24/07/2015

Artigos

Frequência de Reações Adversas às Cefalosporinas

...cas Esse é um excelente estudo para diminuir o medo de reações com uso de cefalosporinas, mesmo em pacientes que relatam “alergias” a penicilinas. A taxa de RAM’s e outros eventos adversos é extremamente baixa, em média apenas 0,5% dos casos (ou seja, 1 reação a cada 200 usuários). Interessantemente, o evento mais frequente foi infecção em 90 dias por C difficile, seguido de nefropatia em 30 dias......

Ver Índice

16/09/2015

Biblioteca Livre

Cefalosporinas

...N. WHO model formulary 2008. Geneva: WHO, 2008. Disponível em: <http://www.who.int/selection_medicines/list/WMF2008.pdf> 6.HUGHES, W. T.; ARMSTRONG, D.; BODEY, G. P. et al. 2002 guidelines for the use of antimicrobial agents in neutropenic patients with cancer. Clin. Infect. Dis.,chicago, Il, v. 34, n. 6, p. 730-751, 2002. 7.KLASCO, R. K. (Ed.). DRUGDEX® System. Greenwood Village: Thomson ......

Ver Índice

16/09/2015

5 Antiinfectantes

Cefalosporinas

...tos Básicos de Saúde MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos Brasília / DF – 2010 5.1.3 Cefalosporinas Fernando de Sá Del Fiol e Maria Inês de Toledo As cefalosporinas constituem grande e valioso grupo de antimicrobianos utilizados em clínica. A maioria deriva da cefalosporin......

Ver Índice

11/05/2009

Casos Clínicos

Pneumonia e insuficiência adrenal

...esentações Comerciais e Classificação na Gestação Didaticamente, as cefalosporinas são divididas em 4 gerações, discutidas na presente seção. Cefalosporinas de 1ª Geração As cefalosporinas de 1ª geração apresentam atividade contra diversas bactérias aeróbias Gram-positivas e Gram-negativas, agentes de infecções comunitárias. Tais drogas não ultrapassam a barreira hematoliquórica, mesmo em me......

Ver Índice

29/04/2010

Casos Clínicos

Prescrição de drogas vasoativas e sepse

...ta como principal vantagem a facilidade posológica decorrente da meia-vida prolongada no soro. A apresentação da droga é oral, com índice de ligação às proteínas plasmáticas em torno de 85%. A eliminação da roxitromicina é fundamentalmente hepática. Genericamente, possui atividade contra gram-positivos (cocos e bacilos) e cocos gram-negativos. As indicações incluem infecções respiratórias altas e ......

Ver Índice

10/09/2013

Revisões

Síndrome hepatorrenal – Prescrição revisada

...umococo, meningococo, hemófilos e bacilos gram-negativos) e abscessos cerebrais em todas as faixas etárias e pneumonias comunitárias. Infecções sistêmicas graves por bacilos gram-negativos constituem também indicação do uso de ceftriaxona. · Dose habitual: 2 a 4 g/dia, divididos a cada 12 horas; a dose de 4 g/dia é reservada para o tratamento de meningites, sendo necessário ajuste para i......

Ver Índice

13/08/2009

Casos Clínicos

Síndrome hepato-renal

...rina 1: sem alterações. AST: 56 u/L. ALT: 49 u/L. INR: 1,7. Glicemia: 88 mg/dL. DHL: 223 u/l. Bilirrubina total: 5,1 mg/dL (direta 4,5 mg/dL). Proteínas totais: 4,8 g/dL. Albumina sérica: 2,2 g/dL. Citologia Líquido ascítico: 1.200 células com 70% de polimorfonucleares. Albumina do líquido: 0,5 g/dL. DHL: 100 u/L. Glicose: 67 mg/dL. COMENTÁRIOS Paciente com antecedente de cirrose......

Ver Índice

Página:  de 18

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal