FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Fenitoina" obteve 373 resultados.

Página:  de 38

02/05/2010

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Fenitoína Sódica

...ício de efeito: 24 horas (fenitoização oral). • Metabolização hepática (auto-inibição enzimática), variável com idade. • Excreção renal, aumentada pela alcalinização da urina. • Meia-vida: 7-42 horas (adultos), 5-18 horas (crianças), 20-60 horas (recém-nascidos a termo), longa e variável (prematuros). • Cinética de ordem zero, variável com as doses. EFEITOS ADVERSOS1,5 ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

F

...rapêutico do paciente. Fenobarbital e Fenobarbital Sódico Maurício Fábio Gomes Na Rename 2010: item 13.1 Apresentações t Comprimido 100 mg t Solução oral 40 mg/mL t Solução injetável 100 mg/mL Indicações t Controle de crises epilépticas parciais, complexas e tônico-clônicas (segunda escolha). t Estado de mal epiléptico (para controle após diazepam). t Convulsões em ne......

Ver Índice

12/01/2015

Remédios

Fenitoína

...ura ambiente (15 – 30°C): 24 horas; protegido da luz. Tempo de infusão: 15 minutos (dose de 250 mg); 30 – 60 minutos (dose de 1 g). Atenção: A infusão deve ser feita em veia de grosso calibre. Uso injetável – Doses • doses em termos de fenitoína sódica. Adultos e adolescentes estado epiléptico dose inicial: 10 a 15 mg por kg de peso corporal, não excedendo a velocidade de 50 mg por minut......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...Depressão respiratória. t Anorexia, náusea, vomito, salivação. t Exantema e hipersensibilidade. Interações de medicamentos t Bloqueadores neuromusculares não-despolarizantes (atracúrio, pancurônio, tubocurarina): pode causar bloqueio neuromuscular. Caso uso concomitante com cetamina seja necessário, a dose do bloqueador deve ser ajustada e o paciente deve ser monitorado para depressão respi......

Ver Índice

25/11/2016

Revisões Internacionais

Epilepsia e transtornos relacionados

... se apresentar de uma forma aglomerada, às vezes em um crescendo antes de convulsões generalizadas (embora, esse padrão não seja frequente). Os deflagradores convulsivos incluem privação do sono, consumo de bebidas alcoólicas, estresse emocional e estimulação fótica. Os pacientes respondem muito bem ao valproato; outras indicações são topiramato e levetiracetam. A lamotrigina poderá agravar a mio......

Ver Índice

09/06/2009

Biblioteca Livre

Interações medicamentosas

...ais Inibidores de Protease (IP) ou Inibidores de Transcriptase Reversa Não-Análogos de Nucleosídeos (ITRNN) - Parte 1/2 Medicamento (1) Bloqueador do canal de cálcio Cardíaco Agentes redutores de lipídios Anti-micobacterianos (2) Antihistamínicos (7) Medicamentos gastrintestinais (7) Inibidores de Protease Amprenavir(8) Fosemprenavir Bepridil (Nenhum) ......

Ver Índice

22/08/2009

Revisões

Crise Epiléptica

... de consciência. O termo crise convulsiva reserva-se ao subgrupo de crises epilépticas que se apresentam com manifestações motoras, e atualmente seu uso é desaconselhado. A probabilidade de um indivíduo apresentar uma crise epiléptica em qualquer momento da vida é estimado entre 5% a 10%. Em cerca de 25% das crises, um fator causal pode ser identificado. Essas crises são denominadas crises agudas......

Ver Índice

17/09/2015

Biblioteca Livre

anticonvulsivantes

...sobre essa orientação. Estudos mostraram que a substituição do agente em monoterapia por outro fármaco resultou em controle adicional de crises em 25% dos pacientes, comparativamente a 23% de pacientes em que se associou um segundo fármaco ao primeiro, sugerindo que ambas as opções sejam equivalentes para aumentar o grau de controle. Em casos de politerapia, algumas regras orientam um regime r......

Ver Índice

17/09/2015

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

anticonvulsivantes

...medicamentos (por exemplo, dirigir veículos). Para a primeira convulsão não provocada, usualmente não se prescrevem antiepilépticos. É extremamente difícil, se não impossível, predizer o sucesso do tratamento para o paciente individual com base no mecanismo de ação dos fármacos. Apenas algumas generalizações são possíveis: 1. Pacientes com crises tônico-clônicas generalizadas e com crises parc......

Ver Índice

21/07/2016

Revisões

Estado de Mal-Epiléptico

...a em pacientes com estado de mal-epiléptico durante a gestação e antecipar o parto é a melhor terapia nessa situação. Para as mulheres grávidas com eclâmpsia e convulsões, sulfato de magnésio é superior aos medicamentos antiepilépticos, como a fenitoína. Monitorização cardíaca fetal contínua, assistência obstétrica e recursos de terapia intensiva devem ser usados para assistir a mãe e a criança. ......

Ver Índice

Página:  de 38

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal