FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Gonadotrofina Corionica Humana" obteve 21 resultados.

Página:  de 3

16/01/2015

Remédios

Gonadotrofina Coriônica Humana

... após reconstituição refrigeração (2°-8°C): 30 a 60 dias (varia de acordo com o fabricante). Administração: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo); em crianças, na face lateral da coxa. Uso injetável – Doses • doses em termos de gonadotrofina coriônica humana. Adultos indução da ovulação: 5.000 a 10.000 UI, um dia após a última dose de menotrofina ou urofolitrofina; ou 5 a 9......

Ver Índice

23/07/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Gonadotrofina Coriônica Humana

...ação quase idêntica à do hormônio luteinizante (LH) produzido pela hipófise anterior. Estimula a produção de androgênio pelos testículos. Estimula a produção de progesterona pelos ovários. Promove a manutenção do corpo lúteo. COMO SE USA Uso Injetável Via Intramuscular • Gonadotrofina Coriônica Humana (pó) 1.500 UI • Gonadotrofina Coriônica Humana (pó) 2.000 UI • Gonadotrof......

Ver Índice

28/01/2015

Remédios

Menotrofina

...opur (Ferring) Genérico: não Uso injetável Injetável LH 75 UI + FSH 75 UI/frasco: Menopur Armazenagem antes de aberto Temperatura ambiente (15-30°C). O que é estimulante da ovulação; estimulante da espermatogênese [gonadotrofina extraída da urina de mulheres pós menopausa (contém: FSH-hormônio folículo-estimulante e LH-hormônio luteinizante); gonadotrofina humana da menopausa (out......

Ver Índice

30/07/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Menotrofina

...por semana, até que ocorra a masculinização (aparecimento de sinais sexuais secundários), o que costuma acontecer entre 4 a 6 meses. Passar então para aplicações de menotrofina 75 UI, via intramuscular, 3 vezes por semana, intercaladas com gonadotrofina coriônica humana (2.000 UI), 2 vezes por semana, durante 4 meses, no mínimo, até que haja espermatozoides na ejaculação. Se ao fim desse período n......

Ver Índice

24/10/2013

Revisões Internacionais

Infertilidade – Eric D. Levens, Alan H. Decherney

... = temperatura corporal basal; hCG = gonadotrofina coriônica humana; ICP = intercurso programado; IIU = inseminação intrauterina; IM = intramuscular; LH = hormônio luteinizante; VO = via oral. O casal e o médico também devem decidir se adotam o monitoramento do desenvolvimento folicular e ICP ou a IIU. Caso façam esta escolha, devem decidir se usarão um método de alto, médio ou baixo nível de......

Ver Índice

23/01/2014

Revisões Internacionais

Gestação ectópica e aborto espontâneo – Eric D. Levens, Michael D. Wittenberger, Alan H. Decherney

...es inclui salvamento com citrovorum para proteção das células maternas. No regime de dose única, o metotrexato é administrado a uma dosagem de 50 mg/m2 e os exames basais são repetidos no dia 3 ou 4. Se os níveis de beta-hCG apresentarem uma queda de menos de 15% ao redor do dia 7, o tratamento pode ser repetido. Dentre as pacientes tratadas com metotrexato, a cura é alcançada com uma única dose e......

Ver Índice

26/10/2012

Revisões Internacionais

Complicações médicas na gestação – Ellen W. Seely, Jeffrey Ecker

...apresentam um quadro de DM que data de antes da gestação (isto é, DM pré-gestacional). Outros 2 a 3% das gestantes desenvolvem DM durante a gestação (isto é, diabetes melito gestacional [DMG]) [ver Condições específicas da gestação, Diabetes melito, adiante]. Assim como na hipertensão crônica, as alterações ocorridas no perfil demográfico das mulheres que engravidam levaram ao aumento da frequênci......

Ver Índice

21/03/2014

Revisões

hiperprolactinemia

... A hiperprolactinemia persistente interrompe a secreção pulsátil do hormônio liberador de gonadotrofina (GnRH), inibindo a liberação do hormônio luteinizante (LH) e do hormônio folículo-estimulante (FSH), prejudicando, assim, a produção de esteroides gonadais. A hiperprolactinemia, na mulher, causa galactorreia em 80% dos casos. Quando se investiga causas de amenorreia secundária, constata-se h......

Ver Índice

16/08/2016

Revisões Internacionais

Câncer de Bexiga, Renal e Testicular

...othelial growth factor-targeted therapy in renal cell carcinoma. J Clin Oncol 2005;23:1028. 65. Dvorak HF, Brown LF, Delmar M, et al. Vascular permeability factor/vascular endothelial growth factor, microvascular hypermeability, and angiogenesis. Am J Pathol 1995;146:1029. 66. Benjamin LE, Golijanin D, Din A, et al. Selective ablation of immature blood vessels in established human tumors follo......

Ver Índice

24/07/2015

Revisões

Neoplasia Maligna Metastática de Origem Indeterminada

...o tumores neuroendócrinos metastático indolentes, solitários. Alguns médicos acreditam que carcinoma epidermoide isolado ou oligometastático nos gânglios inguinais como uma apresentação favorável, embora o diagnóstico diferencial desta situação seja mais amplo e incluir tumor anal, genito-urinário, e de origens primárias ginecológicas. Em pacientes sem resultados diagnósticos específicos na imuno......

Ver Índice

Página:  de 3

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal