FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Hernia de Hiato" obteve 15 resultados.

Página:  de 2

18/07/2016

Casos Clínicos

Hérnia de Hiato

...oria das complicações de uma hérnia paraesofágica ocorre devido a problemas mecânicos provocados pela hérnia e incluem o seguinte: -Volvo gástrico; -Sangramento, embora pouco frequente, a partir de úlceras gástricas, gastrite ou erosões na porção encarcerada da hérnia (lesões Cameron); -Complicações respiratórias que podem resultar da compressão mecânica do pulmão. Referências Kohn G......

Ver Índice

18/03/2016

Casos Clínicos

Hérnia de Hiato

...ado um tumor. Ficou extremamente preocupada e pediu uma segunda opinião. De queixas, a única coisa que refere é ter uma síndrome dispéptica de difícil controle sintomático. Recentemente, os sintomas se acentuaram, e passaram a ser principalmente de pirose e vômitos. Devido à dúvida da paciente é solicitada uma tomografia de tórax, que mostra um achado inusitado, mas que tranquiliza a paciente. ......

Ver Índice

26/01/2012

Revisões Internacionais

Doença ulcerosa péptica

...es tratados com aspirina e esomeprazol, comparado com uma taxa de 9% de novo sangramento da úlcera em pacientes mudados para clopidogrel, uma vez que a úlcera sangrante inicial tenha sido curada.40 Pacientes com úlceras sangrantes idiopáticas que curam com o uso de um medicamento antissecretor devem continuar a terapia de longo prazo com um bloqueador do receptor H2 ou com um inibidor da bomba de......

Ver Índice

14/08/2012

Revisões Internacionais

Distúrbios esofágicos – Michael F. Vaezi

...ntes são as doenças cutâneas bolhosas: epidermólise bolhosa, penfigoide bolhoso, penfigoide cicatricial e pênfigo vulgar. Epidermólise bolhosa Consiste em várias doenças caracterizadas por formação de bolhas com mínimos traumas. A epidermólise bolhosa distrófica (EBD) é uma doença hereditária com formas autossômicas tanto dominantes quanto recessivas. O envolvimento esofágico é mais frequente......

Ver Índice

27/11/2014

Remédios

Carbonato de Magnésio

...ato de sódio 63,7 mg. Embalagem com 5 blisters com 8 pastilhas em cada, sabor menta. Wyeth Consumer. Bisuisan – antiácido – sachê (ruibarbo + resorcinato de bismuto + beladona + carbonato de cálcio + bicarbonato de sódio + carbonato de magnésio). HYPM. Gaviz – antiácido – comprimido/ suspensão oral (hidróxido de alumínio + carbonato de magnésio). União Química. Carbonato de Magnésio magnés......

Ver Índice

19/01/2009

Revisões

Dispepsia e Helycobacter pylori

...ite crônica, que facilita a lesão ulcerosa no duodeno. Nestes pacientes com propensão à úlcera gástrica, a infecção da mucosa do estômago leva à pangastrite crônica, que, por sua vez, facilita a ulceração da mucosa. A infecção pelo H. pylori é o maior determinante da ocorrência de lesão mucosa neste tipo de úlcera, ocorrendo infecção por este agente em até 95% dos pacientes com úlcera duodenal. A......

Ver Índice

25/05/2015

Revisões

Dispepsia e Helycobacter Pylori

...l, meteorismo entre outros sintomas como parte de um quadro dispéptico. Algumas expressões regionais podem ainda serem interpretadas pelos médicos como referência a quadro dispéptico, por exemplo, o termo “Gastura” tem como significado mais comum a sensação de aflição, angústia e não queimação gástrica. Ainda deve ser acrescentado que em pacientes com a chamada dispepsia tipo dismotilidade e dispe......

Ver Índice

16/01/2015

Remédios

Homatropina

...são mais sensíveis, devendo receber doses menores do produto. Cuidados especiais Risco na gravidez classificação não disponibilizada; não há evidências de problemas. Amamentação a lactação pode ser inibida por anticolinérgicos; uso não recomendado. Avaliar riscos x Benefícios atonia intestinal em idoso; colite ulcerativa; doença cardíaca (particularmente arritmia, insuficiência car......

Ver Índice

05/12/2011

Remédios

Atropina (injetável)

...ções dos inibidores da colinesterase, diminuindo as secreções salivar e brônquica e o estreitamento dos brônquios. Como se usa USO INJETÁVEL ATROPINA (solução) 0,25 mg/1 mL; 0,5 mg/1 mL – VIA SUBCUTÂNEA E VIA INTRAMUSCULAR • Administração: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo); em crianças, na face lateral da coxa. ATROPINA (solução) 0,25 mg/1 mL; 0,5 mg/1 mL – ......

Ver Índice

04/06/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Atropina

...erior externo); em crianças, na face lateral da coxa. Atropina (solução) 0,25 mg/1 mL; 0,5 mg/1 mL – Via Intravenosa Direta TEMPO DE INJEÇÃO: pelo menos durante 1 minuto. ATENÇÃO: a administração intravenosa mais lenta pode paradoxalmente causar diminuição da frequência cardíaca. USO INJETÁVEL – DOSES Intoxicação por Inseticidas Organofosforados (sem cianose) Via intravenosa para adu......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal