FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Profilaxia de Infeccoes Oportunistas no Paciente Com Hiv" obteve 36 resultados.

Página:  de 4

05/06/2009

Biblioteca Livre

Profilaxia de Infecções Oportunistas no Paciente com HIV

...ócitos T-CD4+ se mantenha baixa. Os medicamentos indicados para a profilaxia incluem o fluconazol VO 200-400mg ao dia ou a anfotericina B. A profilaxia secundária pode ser interrompida se houver aumento sustentado da contagem de linfócitos T-CD4+ (acima de 200 células/mm³) por, pelo menos, seis meses apos o início de TARV. Não é indicado realizar profilaxia primária. CITOMEGALOVIROSE A mai......

Ver Índice

18/08/2014

Revisões Internacionais

Transplante Renal

...erto é incomum. A ciclosporina, tacrolimus e sirolimus, que são medicações comumente usadas como imunossupressores primários, podem produzir uma microangiografia trombótica semelhante à síndrome hemolítica-urêmica. Entretanto, estes fármacos não são contraindicados e podem ser usados como imunossupressores por receptores de transplante cuja doença renal primária era a síndrome hemolítica-urêmica. ......

Ver Índice

11/11/2016

Revisões Internacionais

Infeccoes Micoticas em Hospedeiros Comprometidos

...acientes com histórico de aspergilose que estiverem entrando em períodos graves de imunossupressão, como os candidatos ao transplante de células-tronco hematopoiéticas.87 Os medicamentos voriconazol e caspofungina vêm substituindo a anfotericina B para profilaxia secundária nesses pacientes. A toxicidade mais baixa desses agentes permite ampliar o uso da profilaxia farmacológica, embora esses age......

Ver Índice

15/09/2008

Revisões

Manifestações Neurológicas no Paciente com HIV

...Saúde do Brasil (rifampicina, isoniazida e pirazinamida; durante nove meses) associado a piridoxina (vitamina B6). Vale lembrar que o tratamento recomendado pelo Ministério da Saúde do Brasil é diferente do da literatura Americana ou Européia. Na primeira fase, as três drogas são administradas em conjunto durante dois meses; logo após, mantêm-se a rifampicina e a isoniazida por mais sete meses: ......

Ver Índice

17/03/2014

Revisões

HIV

...de, ocasionando a síndrome da imunodeficiência adquirida (Aids), o estágio final da infecção. Nessa fase, se não tratada, a infecção é fatal. Patogênese O HIV apresenta tropismo por diversas células, principalmente macrófagos ativados e as que expressam o receptor CD4 na membrana celular. Assim, liga-se aos linfócitos que expressam o receptor CD4, que são, em sua maioria, linfócitos T de soco......

Ver Índice

05/06/2009

Biblioteca Livre

Co-morbidades e Co-infecções no paciente com HIV

...do recomendado, sempre que possível, evitar estas associações. Nos casos em que a LV for diagnosticada em pacientes já em uso dessa associação e, quando a substituição dos ARV não for possível, esta deverá ser mantida com rigorosa monitorização da função renal e/ou avaliação hematológica, conforme o caso. A anfotericina B lipossomal na LV está indicada nas seguintes situações: transplante ren......

Ver Índice

01/09/2015

Revisões Internacionais

Transplante de Pulmão

...ghavi S, et al. Pulmonary retransplantation: is it worth the effort? A long term analysis of 46 cases. J Heart Lung Transplant 2008;27:60–5. 108. Girnita AL, Duquesnoy R, Yousem SA, et al. HLA-specific antibodies are risk factors for lymphocytic bronchiolitis and chronic allograft dysfunction. Am J Transplant 2005;5:131. 109. Glanville AR. Antibody-mediated rejection in lung transplantation: myt......

Ver Índice

17/05/2009

Biblioteca Livre

Aids

...AÇÃO É o período compreendido entre a infecção pelo HIV e a fase aguda ou aparecimento de anticorpos circulantes. Na grande maioria dos pacientes esse período varia entre 1 e 3 meses após o contato infeccioso, podendo ocasionalmente chegar a 6-12 meses em alguns poucos casos relatados na literatura médico-científica. PERÍODO DE LATÊNCIA É o período compreendido entre a infecção pelo HIV e os......

Ver Índice

09/12/2009

Biblioteca Livre

5 Associação da Leishmaniose Tegumentar Americana a Outras Doenças

...fecção do paciente. A associação da LTA a outras enfermidades tem sido pouco relatada na literatura, havendo descrições da concomitância de HIV, hanseníase e tuberculose ganglionar em pacientes com LTA. Dessa forma, nos limitaremos neste capítulo a descrever os aspectos relevantes referentes à associação Leishmania/HIV. Para mais esclarecimentos, consultar o Manual de Recomendações para o Diagnós......

Ver Índice

03/06/2014

Revisões Internacionais

Infecções por protozoários – Wesley C. Van Voorhis

...enital por contato direto, e isto resulta em microulcerações e inflamação. O tratamento da tricomoníase é discutido em detalhes em outro capítulo [ver 7:XXII Vaginite e doenças sexualmente transmissíveis]. Leishmaniose Os organismos de Leishmania são protozoários hemoflagelados, que são parasitas intracelulares obrigatórios em seres humanos. As espécies de Leishmania produzem um amplo espect......

Ver Índice

Página:  de 4

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal