FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Secnidazol" obteve 9 resultados.

Página:  de 1

06/02/2015

Remédios

Secnidazol

...00 mg: Secnidal; G Comprimido 1 g (1.000 mg): Secnidal; G Suspensão oral 30 mg/mL: Secnidal; G O que é amebicida; giardicida; tricomonicida [nitroimidazol; azol; antiprotozoário]. Para que serve amebíase intestinal; amebíase hepática; giardíase; tricomoníase. Como age intefere com o DNA de protozoários, levando as células à morte. Como se usa Uso oral – Doses •doses em ter......

Ver Índice

25/10/2009

Biblioteca Livre

9 Prevenção das DST na Violência Sexual

...omenda-se o emprego de drogas potentes, do ponto de vista virológico, com baixo potencial de toxicidade e boa perspectiva de adesão. O esquema de primeira escolha deve combinar três drogas, pela reconhecida maior eficácia na redução da carga viral plasmática. Quando o esquema anti-retroviral selecionado incluir o nelfinavir ou o ritonavir, a anticoncepção de emergência deve ser realizada com levo......

Ver Índice

16/09/2015

Biblioteca Livre

Amebicida, giardicida e tricomonicida

... seja para venda ou qualquer fim comercial.” O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente. Amebicida, giardicida e tricomonicida Amebicida, giardicida e tricomonicida (Livre) 5.5.2.1 Amebicida, giardicida e tricomonicida 5.5.2 Antiprotozoários 5.5 Antiparasitários 5 Antiinfectantes SEÇ......

Ver Índice

16/09/2015

5.5 Antiparasitários

Amebicida, giardicida e tricomonicida

...e tem sido a primeira escolha para casos de infecção ativa por Entamoeba histolytica (disenteria ou abscesso hepático), estimando-se eficácia de 90%. No entanto, sua recomendação para disenteria amebiana endêmica é controvertida. Em revisão de Clinical Evidence1, não se encontram estudos controlados por placebo que atestem o benefício do fármaco na disenteria amebiana endêmica. Nove estudos compar......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Giardíase

...ransmissão direta ou indireta da infecção a outros indivíduos. Notificação Não é doença de notificação compulsória. Entretanto, os surtos devem ser notificados aos órgãos de saúde locais. MEDIDAS DE CONTROLE Específicas Em creches ou orfanatos, deverão ser construídas adequadas instalações sanitárias e enfatizada a necessidade de medidas de higiene pessoal. Educação sanitária, em partic......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Giardíase

...FECCIOSAS E PARASITÁRIAS – GUIA DE BOLSO – 8ª edição revista [Link Livre para o Documento Original] MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria de Vigilância em Saúde Departamento de Vigilância Epidemiológica 8ª edição revista BRASÍLIA / DF – 2010 Giardíase CID 10: A07.1 ASPECTOS CLÍNICOS E EPIDEMIOLÓGICOS Descrição Infecção por protozoários que atinge, principalmente, a porção superior do i......

Ver Índice

18/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Amebíase

..., a dosagem recomendada é de 15 mg/kg/dia, durante 5 dias. No tratamento do abscesso hepático, além da medicação específica, pode ser necessária, em alguns casos, a aspiração do abscesso. Drenagem cirúrgica aberta não é recomendada, exceto em casos graves, quando o abscesso é inacessível à aspiração e não responde ao tratamento em até 4 dias. Alguns pacientes se beneficiam de drenagem do peritônio......

Ver Índice

31/10/2018

Revisões

Vulvovaginite

...or um cisto, o abscesso pode se desenvolver por um longo período de tempo. Dor, induração e flutuação costumam estar presentes. Sintomas sistêmicos como febre e calafrios raramente estão presentes. A incisão e a drenagem de um abscesso são, em geral, necessárias, mas não devem ser realizadas até que o abscesso seja uma estrutura bem delimitada e murada. Se o abscesso não estiver pronto para incis......

Ver Índice

25/10/2009

Biblioteca Livre

5 Síndromes Clínicas Principais

... romper a cadeia de transmissão e evitar que a paciente se reinfecte. Não havendo suspeita de DIP, e afastada a possibilidade de cervicite, essa recomendação não se aplica. A dor pélvica é classicamente dividida em aguda e crônica. A aguda tem início súbito e geralmente é intensa o suficiente para que a paciente procure cuidados imediatos. A dor pélvica é dita crônica quando tem pelo menos seis m......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal