FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Doenca Coronariana Cronica Estavel" obteve 82 resultados.

Página:  de 9

04/06/2013

Revisões Internacionais

Angina estável crônica – Richard A. Lange – L. David Hillis

...ialmente, esta cascata de eventos é adaptativa e resulta no reparo do endotélio lesado. Entretanto, lesões e reparos repetitivos podem levar ao desenvolvimento de um processo aterosclerótico progressivo, com consequente estreitamento luminal. Histologicamente, as placas ateroscleróticas são compostas de um centro de lipídios oxidados, células inflamatórias e debris celulares, que é reco......

Ver Índice

30/10/2013

Revisões

Doença Arterial Coronariana Crônica

... marca-passo), dificultando a interpretação do ECG durante o estresse. Indica-se estresse farmacológico para os pacientes que não conseguem realizar exercício físico. Ecocardiografi a de estresse Esse exame possibilita saber a localização e a extensão da isquemia miocárdica durante o esforço. Entretanto, é tecnicamente mais difícil de ser realizado. Ele apresenta boa acurácia para detecção de......

Ver Índice

06/08/2010

Revisões

Doença Arterial Coronariana Crônica – Definição, Diagnóstico e Estratificação de Risco

...segunda forma de miocárdio viável é o miocárdio hibernante. Recebe este nome pois é um miocárdio vivo que tem importante alteração de função, que pode ser recuperada com a reversão adequada da isquemia. Para estes pacientes, a diferenciação do miocárdio hibernado e das áreas de fibrose é de extrema importância. Pacientes com disfunção ventricular importante secundária à fibrose não terão melhora d......

Ver Índice

16/06/2017

Revisões Internacionais

Biomarcadores Cardiovasculares

...usados na previsão de riscos.71 Além disso, nas medições seriais, os pacientes que apresentaram concentrações persistentemente elevadas do sST2 apresentaram as taxas de mortalidade mais elevadas (50%), em comparação com aqueles que tiveram concentrações baixas (3%).72 O valor prognóstico do ST2 solúvel esteve presente nos casos de ADHF mesmo quando foi ajustado para outros biomarcadores e clarame......

Ver Índice

21/09/2012

Revisões Internacionais

Avaliação pré-operatória e cuidados com o paciente cirúrgico – Paul J. Grant, Amir K. Jaffer

...scretamente mais altos. A anemia pré-operatória requer um método sistemático, prático e custo-efetivo para diagnóstico de sua causa, quando esta é desconhecida. A decisão de realizar uma transfusão pré-operatória deve levar em consideração diversos fatores, como o tipo de cirurgia, perda de sangue prevista, doença coexistente e duração da anemia. Em geral, existem poucos dados que sustentem a real......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

D

...rica t 20 a 40 mL, por ia intravenosa, dependendo do local a ser estudado. A dose pode ser repetida até 3 vezes. Arteriografia visceral t 30 a 50 mL, na artéria da víscera a ser estudada (tronco celíaco, artéria mesentérica superior ou inferior, etc.), via cateterização femural. A dose pode ser repetida quando necessário, até a dose total máxima de 250 mL. Artrografia t Para joelho: 5 a ......

Ver Índice

21/03/2010

Revisões

Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC)

...fusão renal e para não aumentar a viscosidade sanguínea. Em geral, digitálicos e vasodilatadores não são eficazes. Pode-se realizar flebotomia se houver hematócrito acima de 55% e cor pulmonale não controlado com outras medidas. Manejo das Exacerbações Consiste na piora sustentada da condição clínica do paciente, quando comparada ao período estável, não sendo relacionada à variação diária que......

Ver Índice

03/12/2015

Revisões Internacionais

Transplante renal 2 - cuidados do receptor de transplante de rim

...roscopia comum (pontas de seta). A atrofia tubular é igualmente proeminente. (b) A imuno-histoquímica com anticorpos contra antígenos do poliomavírus mostra o vírus BK nas células epiteliais tubulares. (c) Microscopia eletrônica (ME) mostrando um núcleo de célula tubular invadido por um conjunto de partículas esféricas (seta branca). (d) Vista com objetiva de maior aumento de partículas virais de ......

Ver Índice

25/08/2015

Revisões Internacionais

Doenças da Aorta

...Salvarani C, Silingardi M, Ghirarduzzi A, et al. Is duplex ultrasonography useful for the diagnosis of giant-cell arteritis? Ann Intern Med 2002;137:232–8. 71. Shores J, Berger KR, Murphy EA, Pyeritz RE. Progression of aortic dilatation and the benefit of long-term beta-adrenergic blockade in Marfan’s syndrome. N Engl J Med 1994;330:1335–41. 72. Elefteriades JA. Natural history of thoracic aorti......

Ver Índice

25/09/2012

Revisões Internacionais

Arritmias ventriculares – Christopher J.G. Gray, Lorne J. Gula, Andrew D. Krahn, Allan C. Skanes, Ra

...díaca; NYHA = New York Heart Association; TV = taquicardia ventricular; TVPC = taquicardia ventricular polimórfica catecolaminérgica; VE = ventrículo esquerdo. Classificação das recomendações: classe I = condição para a qual há evidências e/ou consenso geral de que um tratamento é benéfico, útil e efetivo; classe II = condição para a qual há evidências conflitantes e/ou divergência de opinião ac......

Ver Índice

Página:  de 9

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal