FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Febre de Origem Indeterminada Papel da Avaliacao da Medula Ossea" obteve 11 resultados.

Página:  de 2

01/02/2010

Artigos

Febre de orígem indeterminada - papel da avaliação da medula óssea

...o de atenção terciária em Lyon, França) por doença febril de causa incerta, com duração de pelo menos 3 semanas, permanecendo sem diagnóstico após uma avaliação diagnóstica mínima. Resultados De uma forma geral, um diagnóstico específico através da biópsia de medula óssea foi conseguido em 31 casos (rendimento diagnóstico – diagnostic yield - de 23,7%). Três tipos de doença foram......

Ver Índice

31/01/2013

Revisões Internacionais

Doenças inflamatórias intestinais – Stephen B. Hanauer

...mas e supositórios de mesalamina tratam efetivamente a colite distal, contanto que a formulação atinja a extensão proximal da doença.85,86 A relação dose-resposta para os aminossalicilatos orais é bem definida para até 4,8 g/dia de mesalamina, com doses maiores sendo mais efetivas para a doença moderadamente ativa.82 Além disso, um recente estudo randomizado multicentros, envolvendo 1.023 paciente......

Ver Índice

07/10/2014

Revisões Internacionais

Hipertermia, febre e febre de origem indeterminada

...ocultas, que ilustram a necessidade de profundidade na avaliação de pacientes com febres obscuras. Neoplasias O linfoma, em particular a doença de Hodgkin, é a causa neoplásica mais frequente de febre obscura. Pode ser difícil diagnosticar um linfoma, quando o principal sítio de envolvimento são os linfonodos retroperitoneais. Contudo, as varreduras de TC abdominais facilitam bastante es......

Ver Índice

01/09/2016

Revisões Internacionais

Hipertermia e febre e febre de origem indeterminada

...tcome: a meta-analysis of studies in patients. Stroke 2000;31:410. 46.Kammersgaard LP, Jorgensen HS, Rungby JA, et al. Admission body temperature predicts long-term mortality after acute stroke. Stroke 2002;33:1759. 47.De Keyser J. Antipyretics in acute ischaemic stroke. Lancet 1998;352:6. 48.Hammer MD, Krieger DW. Acute ischemic stroke: is there a role for hypothermia? Cleve Clin J Med 2002;69......

Ver Índice

16/11/2012

Revisões Internacionais

Tuberculose – Henry M. Blumberg, Michael K. Leonard Jr.

...os); usuários de drogas, incluindo os usuários de drogas injetáveis e alcoólatras; sem-teto; moradores de certas instituições, como as casas de correção e os estabelecimentos de permanência prolongada; indivíduos sob tratamento imunossupressor; e indivíduos com certos tipos de malignidade, diabetes melito, insuficiência renal ou outras condições incapacitantes.1,11 Aqueles que viajam para outros p......

Ver Índice

02/10/2013

Revisões Internacionais

Plaquetas e distúrbios vasculares – Lawrence L. K. Leung

...plasmaférese de volume duplo e mais intensiva (5.000 a 6.000 mL/dia ou cerca de 80 mL/kg/dia). Como os multímeros de vWF estão presentes no crioprecipitado, o criossobrenadante (isto é, plasma fresco congelado a partir do qual o crioprecipitado foi removido) pode ser substituído como líquido de reposição, quando o paciente não responde à plasmaférese de rotina. Um estudo não controlado demonstrou ......

Ver Índice

24/09/2014

Revisões Internacionais

HIV e SIDA - Christopher J. Hoffmann, Joel E. Gallant

...1996 147. Fine AD, Bridges CB, De Guzman AM, et al: Influenza A among patients with hu­man immunodeficiency virus: an outbreak of infection at a residential facility in New York City. Clin Infect Dis 32:1784, 2001 148. Hewitt RG: Abacavir hypersensitivity reaction. Clin Infect Dis 34:1137, 2002 149. Battegay M, Drechsler H: Clinical spectrum of the immune restorat......

Ver Índice

21/02/2017

Revisões

Brucelose

...ada têm melhorado a velocidade de isolamento de Brucella, em geral dentro de 3 dias. Além disso, os sistemas automatizados de cultura são muito mais positivos em relação às culturas convencionais para os líquidos uterinos estéreis, incluindo o líquido cefalorraquidiano. Numerosos métodos sorológicos são utilizados no diagnóstico da brucelose. Embora seja reconhecido como a técnica de referência, ......

Ver Índice

08/06/2009

Revisões

Rinossinusites

...iários no momento de indicar a terapêutica. A piora radiológica dos seios paranasais em relação a um exame basal (realizado antes da instalação da imunodeficiência) pode auxiliar na indicação mais racional do tratamento. Microbiologia A etiologia da rinossinusite em pacientes imunocomprometidos nem sempre é a mesma de pacientes imunocompetentes. Quando o paciente mantém sinais clínicos infecc......

Ver Índice

13/08/2015

Revisões Internacionais

Distúrbios de Macrófagos e de Células Dendríticas

...foco deste capítulo são as histiocitoses não malignas. Distúrbios Relacionados às Células Dendríticas Histiocitose da Célula de Langerhans A característica histopatológica patognomônica da HCL (anteriormente conhecida por “histiocitose X”) é a presença excessiva de histiócitos lesionais do fenótipo da célula de Langerhans (i.e., CD1a, langerina positiva e presença de grânulos de Birbeck na m......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal