FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Febre Macular" obteve 33 resultados.

Página:  de 4

09/03/2009

Revisões

Exantema Febril

..., artralgias e cefaleias. O hemograma às vezes revela eosinofilia. A Tabela 3 lista frequentes agentes causadores de exantema maculopapular. Tabela 3: Agentes que causam exantema maculopapular. Alopurinol Captopril Diclofenaco Penicilinas Tiazídicos Naproxeno Sulfonamidas Fenobarbital Piroxicam Fenitoína Fenotiazinas Dipirona Tiabendazol......

Ver Índice

09/03/2009

Revisões

Exantema Febril

...m risco de grave envolvimento (p.ex., pacientes com imunodeficiência, desnutrição, evidência de xeroftalmia ou problemas de absorção intestinal). A dose é de 200.000 UI em cápsula ou aerossol. Rubéola, eritema infeccioso, roséola, mononucleose infecciosa Tratamento sintomático. Na mononucleose infecciosa, a corticoterapia pode ser útil nos casos de complicação com obstrução de vias aéreas ......

Ver Índice

30/05/2010

Revisões

Doenças exantemáticas na infância

...FECCIOSO OU QUINTA DOENÇA OU MEGALERITEMA EPIDÊMICO Denomina-se quinta doença porque foi a última de 5 doenças descritas que exibem exantemas parecidos. As outras 4 são rubéola, sarampo, escarlatina e doença de Filatov- Dukes. 1. Agente etiológico: parvovírus B19 (família Parvoviridae e gênero Eritrovírus). Vírus DNA de cadeia simples. 2. Sazonalidade: maior frequência no final do inv......

Ver Índice

21/09/2016

Revisões Internacionais

Síndromes Autoinflamatórias

...tes NF-kB through its N-terminal fragment. Blood 2008;112:1794–803. 9. Chae JJ, Cho YH, Lee GS, et al. Gain of function pyrin mutations induce NLRP3 protein-independent interleulin-1b activation and severe autoinflammation in mice. Cell 2011;34:755–68. 10. Samuels J, Aksentijevich I, Yelizabeta T, et al. Familial Mediterranean fever at the millennium. Clinical ......

Ver Índice

20/10/2008

Revisões

Lesões de Cavidade Oral

...-7. 6. Hirata CHW, Mitsuda ST. Lesões brancas da mucosa oral. In: Campos CAH, Costa OO, editores. Tratado de otorrinolaringologia. São Paulo: Roca; 2002, p. 369-80. v.3. 7. Magalhães MHCG, Sousa SCOM, Ortega KL. Patologia bucal. In: Campos CAH, Costa OO, editores. Tratado de otorrinolaringologia. São Paulo: Roca; 2002, p. 263-84. v.3. 8. Miziara ID, Frizzarini R, Constantino GTL, Be......

Ver Índice

20/10/2008

Revisões

Lesões de Cavidade Oral

... submandibular). Adultos são mais sintomáticos que crianças. Pequenas vesículas aparecem em qualquer ponto da mucosa da cavidade oral em 24 horas, deixando uma borda eritematosa e com uma membrana acinzentada cobrindo-a. Novas lesões surgem durante sete dias, tendendo a desaparecer entre o 10º. e 14º. dia. A gengiva se apresenta eritematosa e edemaciada. Infecções recorrentes variam de 16% a 45% ......

Ver Índice

17/12/2015

Casos Clínicos

Síndrome do choque tóxico por streptococcos

...remidade, mas pode, também, imitar peritonite, doença inflamatória pélvica, pneumonia, infarto agudo do miocárdio, colecistite ou pericardite. Os sinais clínicos de infecção dos tecidos moles são, geralmente, constituídos por edema localizado e eritema seguido de equimoses e descamação da pele; progressão para fascite necrotizante ou miosite, que ocorre de 70 a 80 por cento dos casos. Uma síndrom......

Ver Índice

03/05/2018

Revisões

Choque Tóxico por Estreptococos

...a, muitas vezes requerendo intubação e ventilação mecânica. Deve-se considerar debridamento cirúrgico precoce e, muitas vezes, extenso, incluindo fasciotomia e até mesmo amputação se existir tecido infectado e necrótico extenso. Os pacientes devem ser alocados em unidades de terapia intensiva. Dadas a sobreposição nas apresentações clínicas entre STSS e choque séptico e a alta mortalidade associa......

Ver Índice

21/06/2018

Temas selecionados

Choque Tóxico por Estreptococos

...a descamação, embora sua presença não seja necessária para o diagnóstico da doença. Os sinais clínicos de infecção incluem dor, edema e eritema localizado, seguido de equimoses e progressão para fasceíte ou miosite em 70 a 80% dos casos. Esses pacientes devem ser avaliados por um cirurgião sempre que se acreditar na possibilidade do diagnóstico de uma infecção necrotizante do tecido mole. A tomog......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Febre Purpúrica Brasileira (FPB)

...tório O homem, que também é a fonte de infecção (pessoas com conjuntivite causada pelo agente). Modo de Transmissão Contato direto pessoa a pessoa que esteja com conjuntivite; ou indireto, por intermediação mecânica (insetos, toalhas, mãos). Período de Incubação O intervalo de tempo entre o início da conjuntivite e a febre e, em media, de 7 a 16 dias (variando de 1 a 60 dias). Perío......

Ver Índice

Página:  de 4

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal