FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Paracoccidioidomicose" obteve 44 resultados.

Página:  de 5

31/05/2009

Biblioteca Livre

Paracoccidioidomicose

... 12 meses; c) Fluconazol – 400 mg/dia, VO, por um mês, depois 200 mg/dia, por 6 meses. Este último é a melhor opção para o tratamento da neuroparacoccidioidomicose, pela sua alta concentração no SNC; a dose de ataque pode ir até 800 mg/dia por 30 dias; d) Anfotericina B – 1 mg/kg/dia, IV, diluído em 500 ml de soro glicosado a 5% mais acetato de delta hidrocortizona 50 – 100 mg. A dose máxi......

Ver Índice

04/02/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

paracoccidioidomicose

...prarrenal e insuficiência respiratória, muitas vezes, são decorrentes de sequelas, como descrito anteriormente. Diagnóstico Clínico e laboratorial. Esse último é feito com o achado do parasita, que se apresenta como células arredondadas, de dupla parede, birrefringente, com ou sem gemulação. Quando há gemulação múltipla, o parasita toma aspecto de “roda de leme”. Provas sorológicas, como a im......

Ver Índice

04/02/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

paracoccidioidomicose

...manifestações resultantes da fibrose cicatricial posterior ao tratamento – sequelas, tais como estenose de traqueia, síndrome disabsortiva, insuficiência de suprarrenal. Outras formas - São esporádicas e podem ter apresentação clínica extremamente pleomórfica, com lesões variadas, isoladas ou múltiplas. Merece atenção as taxas crescentes de comprometimento do sistema nervoso central, que, às veze......

Ver Índice

09/12/2009

Biblioteca Livre

4 Forma Mucosa

... Figura 121. LTA. Forma mucosa tardia, com infiltração e ulceração do maciço central da face, com destruição parcial da pirâmide nasal e dos lábios. Figura 122. LTA. Cicatriz atrófica em região temporal esquerda, resultante de úlcera não tratada. Sessenta anos após o surgimento da úlcera, a paciente evoluiu para forma mucosa tardia. Figura 123. LTA. Forma mucosa tardia, com de......

Ver Índice

25/01/2009

Revisões

Micoses Profundas

...aracoccidioides brasilienses. A doença ocorre em quase todos países da América do Sul, sendo mais de 80% dos casos notificados no Brasil. O fungo habita o solo e plantas, e os homens e pequenos animais adquirem o patógeno por aspiração. A apresentação clínica pode ser crônica ou aguda. A forma crônica afeta homens de meia-idade, geralmente trabalhadores rurais que têm contato íntimo com solo e veg......

Ver Índice

01/06/2009

Biblioteca Livre

Documentação Fotográfica

...a 97: Tinha do corpo. Tuberculose Cutânea Figura 98: Tuberculose cutânea: PPD com ulceração e gomas no pescoço. Figura 99: Tuberculose coliquativa. Tungíase Figura 100: Tungíase: parasita no centro da pápula endurecida (ponto negro). Varicela Figura 101: Varicela. Figura 102: Varicela hemorrágica. Verrugas Figura 103: Verruga vulgar. ......

Ver Índice

02/02/2010

5 Antiinfectantes

Itraconazol

...feito adverso. • Orientar para a ingestão da cápsula com alimento e a solução oral com estômago vazio, para facilitar absorção. • Quanto mais graxa a refeição, maior será a absorção do fármaco. ASPECTOS FARMACÊUTICOS5 • A cápsula deve ser mantida ao abrigo de luz e umidade e à temperatura ambiente (15 a 25°C). • A solução oral deve ser armazenada em temperatura de 25°C ......

Ver Índice

16/09/2015

Biblioteca Livre

Sistêmicos

...s. A dose adulta usual para infecções cutâneas é 100-200 mg/dia, dependendo da infecção que está sendo tratada13, 14. O fármaco se liga intensamente às proteínas, com apenas 0,2% circulando como fração livre. A farmacocinética pode não ser linear por causa da saturação do metabolismo. A concentração de itraconazol na pele é usualmente mais elevada que a sua concentração plasmática, sendo extensiva......

Ver Índice

16/09/2015

Biblioteca Livre

Sistêmicos

... do itraconazol aplica-se às formas benignas e de moderada gravidade das paracoccidioidomicoses16, 17, histoplasmose (formas benignas e de moderada gravidade, além da profilaxia primária e secundária18) e esporotricose (formas localizadas e linfocutâneas, pulmonar benigna e de moderada gravidade, osteoarticular e profilaxia secundária depois de terapêutica de indução nas formas graves19) (ver mono......

Ver Índice

28/04/2014

Revisões

Doenças pulmonares parenquimatosas difusas

... horas), reação de Mantoux e outros, conforme os achados clínicos. A espirometria pode apresentar resultado normal, de padrão restritivo ou obstrutivo, dependendo do tipo de comprometimento pulmonar. A capacidade de difusão em geral está reduzida, nos pacientes com envolvimento do parênquima, e pode estar diminuída em 20 a 40% naqueles em estágio I. Realiza-se o diagnóstico por meio de biópsia de ......

Ver Índice

Página:  de 5

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal