FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Deficiencia de Agua na Hipernatremia" obteve 21 resultados.

Página:  de 3

28/06/2016

Revisões Internacionais

Consequências Neurológicas de Distúrbios Eletrolíticos

...SIADH) produz hiponatremia a partir da retenção excessiva de água livre secundária à secreção inapropriada de hormônio antidiurético (ADH, do inglês antidiuretic hormone). A gravidade da hiponatremia é determinada pelo nível de secreção de ADH, resultando em defeito de excreção de água e pela quantidade de ingestão de água. Vários transtornos no SNC (praticamente todos), distúrbios pulmonares, tum......

Ver Índice

10/11/2008

Revisões

Hipernatremia

... Perdas Insensíveis e pelo Trato Gastrintestinal (TGI) Grandes perdas podem advir do aumento da perda habitual pelo trato gastrintestinal e pela pele (em geral, de 800 a 1.200 mL) por condições patológicas como diarréia, febre, queimaduras etc. Diabetes Insípido (DI) A hipernatremia decorre da perda de grandes quantidades de água livre na urina pela impermeabilização......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

S

...ecessária, administrar a quinolona 2 horas antes ou 4 a 6 horas após a dose dos sais de ferro. Monitorar intensivamente o paciente para verificar eficácia contínua do antimicrobiano. t Omeprazol: redução na biodisponibilidade do ferro não-heme. Monitorar o paciente para eficácia do sulfato ferroso se omeprazol for usado concomitantemente. Considerar administração parenteral dos sais de ferro se ......

Ver Índice

05/09/2012

Revisões Internacionais

Função renal e distúrbios do equilíbrio de água e sódio – Richard H. Sterns

...nso, a taxa de filtração glomerular é mantida pela vasoconstrição das arteríolas glomerulares eferentes. Dessa forma, na depleção de volume severa, os níveis séricos de creatinina sofrem alterações mínimas. Diferentemente da creatinina, a ureia é reabsorvida a partir do filtrado glomerular. Assim, na depleção de volume (azotemia pré-renal), a ureia está desproporcionalmente aumentada em relação ao......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

A

...ssário. Taenia saginata (Teníase) t 400 mg, por via oral, a cada 24 horas, durante 3 dias. Infecções por Giardia intestinalis t 400 mg, por via oral, a cada 24 horas, durante 5 dias. Infecções por Wuchereria bancrofti t 400 mg, por via oral, a cada 24 horas, juntamente com citrato de dietilcarbamazina, 6 mg/kg, durante 7 dias. Infecções por Trichinellaspiralis t 400 mg, por via......

Ver Índice

04/09/2012

Novidades

22 novas calculadoras na seção MedCalc3000 - 29/08/2012

...Médicas disponível em Antropometria* Avaliação de Desnutrição em Meninas de 0 a 2 Anos da OMS: Calculadoras Médicas disponível em Antropometria* Percentis de Circunferência da Cabeça de Crianças para a Idade da OMS (< 24 meses): Calculadoras Médicas disponível em Antropometria* Percentis de Comprimento da Criança para a Idade da OMS (< 24 meses): Calculadoras Médicas disponível em Antropomet......

Ver Índice

10/12/2010

Casos Clínicos

Diabetes Insipidus

...ogênico apresentam brilho da neuro-hipófise e alguns pacientes com DI central podem manter o brilho da neuro-hipófise. O tratamento envolve uma adequada reposição hídrica, que pode ser suficiente nos casos leves ou parciais. Nos centrais (e no gestacional), utiliza-se o DDAVP, geralmente por via nasal (solução ou spray), na dose inicial de 0,05 mg ou 5 mcg a cada 12 a 24 horas. A dose intranasal ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...om soro fisiológico 0,9% ou soro glicosado 5%. As soluções de doxorrubicina permanecem estáveis por 48 horas se armazenadas entre 2 e 8 °C e por 24 horas, entre 15 e 30 °C. t Incompatibilidade: heparina, furosemida, dexametasona, fluoruracila, succinato sódico de hidrocortisona, aminofilina, cefalotina. t O uso de diluentes bacteriostáticos não é recomendado. t Embora sensível à luz em baixas c......

Ver Índice

09/11/2012

Revisões Internacionais

Abordagem da doença renal crônica – Biff F. Palmer, Michael K. Hise

...a esquematiza as etapas do tratamento das anormalidades de cálcio e fósforo que acompanham a DRC. PTH = paratormônio. Os ligadores de fosfato orais são disponibilizados como fármacos com ou sem cálcio.68 Em pacientes com DRC em estágios 3 ou 4, os ligadores de fosfato contendo cálcio geralmente são efetivos no controle dos níveis séricos de fósforo. Em pacientes com doença em está......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

I

...mia, acidose metabólica. t Necrose gastrintestinal, peritonite, neutropenia. t Perda de visão funcional. t Hepatotoxicidade. t Nefrotoxicidade Interações de medicamentos t A mistura de iodopovidona com peróxido de hidrogênio já foi relatada como causadora de explosão. t Poderoso oxidante, pode interferir no resultado de exames de urina que utilizam fitas diagnósticas. Orientações aos......

Ver Índice

Página:  de 3

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal