FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Duracao da Refrigeracao do Leite Materno" obteve 13 resultados.

Página:  de 2

22/09/2016

Artigos

Duração da refrigeração do leite materno

...ios protocolos têm sido recomendados para o congelamento, embora a duração ideal não seja clara. Apresentaremos um estudo cujo objetivo foi examinar a integridade (pH, contagem de bactérias, fatores de defesa do hospedeiro, conteúdo de nutrientes, e pressão osmótica) de leite humano recentemente retirado quando armazenado a longo prazo em congelador. O Estudo Neste estudo, mães realizaram a d......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...or metais pesados t 20 a 40 mg/kg/dia, por via oral, divididos em 3 tomadas. t Dose usual: 30 a 40 mg/kg/dia, por via oral, divididos em 3 tomadas, 2 horas antes das refeições ou 3 horas depois, durante 1 a 6 meses. Doença de Wilson t Dose máxima de 20 mg/kg/dia, por via oral, divididos em 3 tomadas, 2 horas antes das refeições. Dose mínima: 500 mg/dia. Artrite reumatoide grave (segu......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

I

...icina, seguido de 200 mg a 300 mg, por via oral, a cada 24 horas, durante 10 meses, combinada a cloridrato de etambutol. t Acima de 50 kg: 300 mg, por via oral, a cada 24 horas, durante 2 meses, combinada a pirazinamida, cloridrato de etambutol e sulfato de estreptomicina, seguido de 300 mg, por via oral, a cada 24 horas, durante 10 meses, combinada a cloridrato de etambutol. Profilaxia de tu......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

P

... há intolerância a rifampicina t 20 a 35 kg: 1.000 mg, por via oral, a cada 24 horas, durante 2 meses, combinada a isoniazida, cloridrato de etambutol e sulfato de estreptomicina, seguido de 10 meses de isoniazida e cloridrato de etambutol. t 36 a 50 kg: 1.000 mg a 1.500 mg, por via oral, a cada 24 horas, durante 2 meses, combinada a isoniazida, cloridrato de etambutol e sulfato de estreptomicin......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

D

...camento no esquema terapêutico do paciente. Como sinonímia para didanosina (nome que corresponde a Denominação Comum Brasileira) também é empregada a abreviatura ddI, entretanto, não se recomenda a prescrição de fármacos por abreviaturas ou siglas. Pacientes HIV positivas não devem amamentar devido ao risco de transmissão do HIV ao lactente. Dietilcarbamazina (ver Citrato de Dietilcarbama......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

M

...leia). – lactação (ver Apêndice B). – insuficiência hepática (ver Apêndice C). – insuficiência renal (ver Apêndice D). t Associa-se a risco de neuropatia periférica. t Categoria de risco na gravidez (FDA): B (ver Apêndice A). Esquemas de administração Neonatos Infecções por bactérias anaeróbias t Dose inicial 15 mg/kg, por via intravenosa. Após 24 horas (de termo) o......

Ver Índice

03/12/2014

Remédios

Cetuximabe

...iculdade para engolir, mucosite, náusea, inflamação na boca, vômito, boca seca. Hematológico: anemia, diminuição de leucócitos no sangue. Metabólico: desidratação, perda de peso. Musculoesquelético: dor nas costas. Oftálmico: conjuntivite. Dermatológico: perda de cabelos, erupção na pele, problemas nas unhas, coceira, alergia na pele por radiação. Respiratório: tosse, dificuldade para respi......

Ver Índice

14/06/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Cetuximabe

...reram alguns efeitos adversos para o feto). O benefício potencial do produto pode justificar o risco potencial durante a gravidez. Amamentação Não se sabe se é distribuído no leite materno, não amamentar (durante o tratamento e por 60 dias após a última dose). Não Usar o Produto Hipersensibilidade conhecida ao cetuximabe, proteína murínica ou outro ingrediente da formulação. Avaliar ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

L

...ventricular esquerda. – nefropatia diabética em pacientes com diabete melito tipo 2 e história de hipertensão. Contraindicações t Hipersensibilidade ao fármaco. t Gravidez. Categoria de risco na gravidez (FDA): C (primeiro trimestre) e D (segundo e terceiro trimestres) (ver Apêndice A). Precauções t Usar com cuidado nos casos de: – angioedema atual ou história de angioe......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

S

...dose de vimblastina e monitorar para sinais de toxicidade a este fármaco. t Tolterodina: pode ter sua biodisponibilidade aumentada pela vimblastina em indivíduos com déficit de atividade de CYP2D6. Reduzir a dose de tolterodina, se cetoconazol também estiver sendo utilizado concomitantemente a vimblastina e tolterodina. t Vacina rotavírus humano G1P1[8] (atenuada): aumento do risco de infecção p......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal