FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Heparinas de Baixo Peso Molecular" obteve 28 resultados.

Página:  de 3

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

... PACIENTES CIRÚRGICOS O tipo e a extensão da cirurgia são os principais determinantes do risco de tromboembolismo venoso, devendo ser avaliados também outros fatores de risco independentes, como câncer, tromboembolismo prévio, imobilidade prolongada, idade avançada e obesidade. É importante ressaltar que, para os pacientes nos quais for indicada a profilaxia, esta geralmente deve ser mantida até ......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...s pacientes de maior risco, seja instituída profilaxia precoce. As recomendações a seguir baseiam-se nas recomendações do American College of Chest Physicians, publicadas em 2008. Como é um tratamento que deve ser instituído para grande parte dos pacientes internados, é necessário instituir preferencialmente as medicações de menor custo, como a heparina não-fracionada (heparina comum), para não ......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

... heparina de baixo peso molecular ou heparina não-fracionada. Em pacientes com risco particularmente alto, é recomendável a associação de métodos mecânicos e farmacológicos. Trauma É recomendada a tromboprofilaxia de rotina para todos os pacientes com trauma maior. Na ausência de contraindicações, é recomendado iniciar heparina de baixo peso molecular assim que a administração da medicação fo......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...oprofilaxia mecânica com meias de compressão gradual (mais baratas) ou compressão pneumática intermitente. PACIENTES CIRÚRGICOS O tipo e a extensão da cirurgia são os principais determinantes do risco de tromboembolismo venoso, devendo ser avaliados também outros fatores de risco independentes, como câncer, tromboembolismo prévio, imobilidade prolongada, idade avançada e obesidade. É importan......

Ver Índice

16/10/2014

Revisões

Tromboembolia pulmonar: tratamento

...a ou choque, condição fisiopatológica de onde teria absorção SC reduzida, e não tem sido indicada para uso inicial em pacientes com risco alto. Regime de administração de trombolíticos § Ativador do plasminogênio tecidual recombi­nante (Rt-PA/Alteplase). § EV contínua 100 mg em 2 h; ou § 0,6 mg/kg em 15 min (dose máxima 50 mg): § – manter ou não a heparina IV durante a in......

Ver Índice

17/09/2015

Biblioteca Livre

Anticoagulantes e Antagonistas

...te no AVC isquêmico. Além disso, há aumento no risco de hemorragia. Por isso, a varfarina está indicada na prevenção de AVC presumivelmente de origem cardioembólica, particularmente em pacientes com fibrilação atrial de alto risco embólico. No início do tratamento é recomendável fazer monitoria do tempo de protrombina ou a razão normalizada internacional (RNI) diariamente, para ajuste de doses, se......

Ver Índice

17/09/2015

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Anticoagulantes e Antagonistas

...ara tratamento de trombose, ou que apresentam contraindicações para uso dos antagonistas de vitamina K. Entretanto, esses últimos fármacos ainda representam o tratamento de escolha para a maioria dos pacientes. Dalteparina é heparina de baixo peso molecular. Tais fármacos são frações diversificadas de heparina, com aproximadamente 1/3 de seu peso molecular e comprimento insuficiente para catalisa......

Ver Índice

10/10/2012

Revisões Internacionais

Infarto agudo do miocárdio – Peter B. Berger

...r uma diferença de mortalidade entre os ramos trombolítico e não trombolítico (controle) dos estudos. Pools de dados destes 5 estudos (não mostrados aqui) revelaram uma redução de 29% da mortalidade entre os pacientes tratados dentro de 6 horas após a manifestação dos sintomas.56 AIMS = APSAC International Mortality Study; ASSET = Anglo-Scandinavian Study of Early Thrombosis; GISSI = Gruppo Ital......

Ver Índice

13/10/2008

Revisões

Síndrome Antifosfolípide

...eais: arroz, trigo, aveia (e derivados) · Grãos: feijão · Tubérculos: batata, rabanete, beterraba (a cenoura tem um teor um pouco maior, principalmente se for cozida) · Sucos e frutas cítricas · Frutas sem casca · Lanches com pouca gordura e sem molhos · Biscoitos simples, sem recheio · As infusões preparadas com as folhas: chás e café......

Ver Índice

28/04/2011

Artigos

Dalteparina vs. Heparina em Pacientes Críticos

...amento, a droga era suspensa e reiniciada posteriormente assim que apropriado. Se a contagem de plaquetas caísse abaixo de 50.000/mm3 ou a menos de 50%, outro anticoagulante era iniciado juntamente com a profilaxia mecânica. Nestes casos, era realizado teste diagnóstico para plaquetopenia induzida por heparina. Após 2 dias da admissão e então duas vezes por semana, realizava-se USG do sistema ven......

Ver Índice

Página:  de 3

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal