FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Choque Fisiopatologia Parte i" obteve 83 resultados.

Página:  de 9

30/11/2008

Revisões

Cardiopatias Valvares

...arelho subvalvar. Assim, pacientes assintomáticos e com EM leve (área valvar acima de 1,5 cm2 e gradiente transvalvar menor do que 5 mmHg) (tabela 4) devem ser mantidos sob acompanhamento clínico, pois costumam apresentar boa evolução. Pacientes assintomáticos ou com sintomas leves (até classe funcional II NYHA) com EM moderada ou grave podem ser encaminhados para valvotomia percutânea por balão ......

Ver Índice

06/07/2011

Revisões

Síndrome hepatorrenal

...nstrição renal, com evolução para insuficiência renal. A síndrome hepatorrenal ocorre quase sempre associada a algum evento precipitante; destes, talvez o mais importante seja a peritonite bacteriana espontânea, que pode evoluir com síndrome hepatorrenal em 30% dos pacientes. Isto ocorre mesmo com a antibioticoterapia adequada com resolução da peritonite bacteriana espontânea. Classificação ......

Ver Índice

08/04/2015

Revisões

Síndrome hepatorrenal

...s diagnósticos como glomerulopatias e, portanto a sua ausêencia é necessária para o diagnóstico. O principal diferencial é a insuficiência renal pré-renal e a prova volêmica com uso da albumina é a forma de diferenciação entre as duas situações. Tratamento O tratamento de escolha é o transplante hepático, que é a única medida que corrige a alteração inicial de alteração microcirculatória des......

Ver Índice

30/03/2016

Revisões Internacionais

Emergências em hematologia e oncologia

... insuficiência renal; sobrecarga volumétrica. Hipocalcemia Gluconato de cálcio (10%) 5-20 mL (50-200 mg) IV Somente nos casos de hipocalcemia; a dose pode ser repetida; usar com cautela em pacientes com hiperfosfatemia grave. ICC = insuficiência cardíaca congestiva; EEG = eletrocardiograma; G6PD (glucose-6-phosphate dehydrogenase) = glicose-6-fosfato-desidrogenase. A alcal......

Ver Índice

20/02/2015

Revisões Internacionais

Edema pulmonar

...alidade.21–23 Embora a hipoxemia esteja sendo tratada, recomenda-se que uma ou mais das várias alternativas terapêuticas sejam empregadas ao mesmo tempo, dependendo dos processos fisiopatológicos subjacentes [ver Tabela 2]. A combinação apropriada de medidas terapêuticas depende da fisiopatologia. Exemplificando, quando o edema pulmonar resulta de uma complicação de hipertensão maligna, os vasodil......

Ver Índice

12/12/2018

Revisões

anafilaxia

... injeções na coxa são mais eficazes para se alcançarem níveis sanguíneos de pico que são injeções no músculo deltoide. Se o paciente é refratário ao tratamento apesar da adrenalina intramuscular repetida, uma infusão de epinefrina deve ser instituída. O cuidado se justifica em doentes que usam ß-bloqueadores, pois pode ocorrer hipertensão grave secundária à descarga adrenérgica sem oposição. Deve......

Ver Índice

10/09/2014

Revisões

Embolia pulmonar

...e tem sido utilizada isoladamente no diagnóstico de TEP). Arteriografia pulmonar convencional. A arteriografia pulmonar seletiva com contraste iodado (se possível, com subtração digital) é o procedimento diagnóstico final de TEP (Fig. 113.8). Nos consensos nacionais e internacionais, a arteriografia pulmonar é, ainda, considerada o padrão-ouro para diagnóstico de TEP, embora vários autores já que......

Ver Índice

22/04/2014

Revisões Internacionais

Leucemia mieloide crônica e outras neoplasias mieloproliferativas

... mais avançada e existência de outros fatores de risco vasculares aumenta o risco de eventos vasculares.69 O risco de sangramento é aumentado pelo uso de agentes antiplaquetários, mas também há um risco elevado em pacientes com contagens de plaquetas acima de 1.500 x 109/L. A progressão para mielofibrose (conhecida como fase de consumo ou metaplasia mieloide pós-policitêmica), leucemia aguda e sín......

Ver Índice

11/01/2010

Revisões

Doença de Behçet

...ometimento ocular (50% dos casos) mais característico é a uveíte, que pode ser anterior (iridociclite, associada a dor e hiperemia ocular) ou posterior (coriorretinite, que pode ser indolor e associada apenas a turvação visual). Panuveíte também pode ocorrer. Surtos repetidos de uveíte podem levar a deformidade da íris (anterior) ou oclusão vasculítica de vasos da retina (posterior), sendo frequen......

Ver Índice

01/09/2016

Revisões Internacionais

Hipertermia e febre e febre de origem indeterminada

... grave causada pelo uso de aspirina. A hipertermia que eventualmente acompanha a crise tireotóxica e a crise de feocromocitoma também é resultado do aumento na produção de calor que, neste caso específico, é desencadeado pelas propriedades calorigênicas dos hormônios da tireoide11 e pelas catecolaminas.12 Os medicamentos anticolinérgicos podem prejudicar a dissipação de calor ao reduzir a produçã......

Ver Índice

Página:  de 9

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal