FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Insuficiencia Hepatica Fulminante" obteve 82 resultados.

Página:  de 9

13/04/2015

Revisões

Icterícia

...hentes, roedores), clínicos e laboratoriais. Os exames inespecíficos podem apresentar as seguintes alterações: - Hemograma: leucocitose baixa com desvio à esquerda, neutrofilia e agranulocitose, o que diferencia a leptospirose das hepatites por vírus; plaquetopenia (nas formas graves). - TGO e TGP: discretamente aumentadas, o que diferencia a leptospirose da febre amarela (enzimas muito aument......

Ver Índice

06/02/2012

Revisões Internacionais

Hepatite viral aguda

...r assintomática. Apenas 10 a 20% dos pacientes com infecção aguda pelo HCV desenvolvem icterícia e só 20 a 30% apresentam sintomas inespecíficos de fadiga, náusea ou vômitos. Nos pacientes que desenvolvem icterícia, os níveis de bilirrubina em geral atingem o pico com concentrações inferiores a 10 a 15 mg/dL, enquanto o pico dos níveis séricos de aminotransferase comumente é menor que 1.000 unidad......

Ver Índice

09/03/2015

Revisões

Lesão hepática induzida por drogas

...oxicidade por drogas, tais como com os esteroides anabólicos, estrogênios (por exemplo, contraceptivos orais), ciclosporina e vários antimicrobianos. A colestase aguda é definida por um aumento inicial da fosfatase alcalina no soro concentração de mais do que duas vezes a concentração normal. Pode ser dividida em dois subtipos: colestase pura e hepatite colestática, que são diferenciadas pela pres......

Ver Índice

06/10/2015

Revisões Internacionais

Hepatite viral

...mento antes da disponibilização da terapia com inibidor de protease NS3/4A, há muito se discute o momento ideal para o tratamento. O consenso geral, entretanto, especialmente no contexto dos inibidores de protease altamente efetivos, é o de que o tratamento deve ser considerado em todos os casos de pacientes com hepatite C crônica e que tenham evidência bioquímica ou histológica de atividade da do......

Ver Índice

22/04/2019

Revisões

Intoxicações por Cogumelos

...ão, lacrimejamento, micção, defecação, hipermotilidade gastrintestinal, broncoespasmo e êmese. Além desses sintomas, os pacientes com ingestões de muscarina podem desenvolver diaforese, fasciculações musculares, miose, bradicardia e broncorreia. Os sintomas, em geral, desaparecem espontaneamente em 4 a 12 horas. Na maioria dos casos, os sintomas muscarínicos são leves e autolimitados. O tratament......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

S

...ibratos: dose inicial de 5 mg/dia, até o máximo de 10 mg/dia. Aspectos farmacocinéticos clinicamente relevantes t Biodisponibilidade: 5%. t Início de ação: 2 semanas. t Pico de efeito: 4 a 6 semanas. t Metabolismo hepático, via CYP3A4; extenso efeito de primeira passagem. Metabolitos ativos. t Excreção: fecal (60%) e renal (13%). Efeitos adversos t Miopatia (15%), rabdomiólise (1......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

V

.... Se for necessário o uso concomitante, reduzir a dose de varfarina em um terço ou metade e monitorar o TP, uma vez que a coadministração aumenta o TP em 100% após 3 a 4 dias. Recomenda-se uma redução profilática de 35% a 65% na dose de varfarina para pacientes em terapia anticoagulante crônica com varfarina, desde o início do tratamento com amiodarona. RNI maior que 5 ocorre, em geral, nas primei......

Ver Índice

19/12/2010

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Acetazolamida

...oma de Ângulo Aberto Crônico • 250 a 2.000 mg/dia, por via oral, em doses divididas de 1 a 4 vezes ao dia. Idosos Glaucoma de Ângulo Aberto Crônico • 125 mg, por via oral, a cada 6 horas. Glaucoma Secundário e Tratamento Pré-operatório de Glaucoma de Ângulo Fechado Agudo • 250 mg, por via oral, a cada 4 horas. Ajuste de dose em insuficiência renal • DCE superior a ......

Ver Índice

03/06/2014

Revisões Internacionais

Infecções por protozoários – Wesley C. Van Voorhis

...ja acompanhada de eosinofilia.69 O estágio de trofozoíta não é rígido e é difícil detectá-lo. Para garantir sua detecção, as amostras de fezes devem ser preservadas em fixador (álcool polivinílico, acetato de sódio-ácido acético-formalina ou líquido de Schaudinn) e examinadas após uma coloração permanente. A infecção por D. fragilis pode ser tratada com tetraciclina (500 mg, 2 vezes/dia, por 10 di......

Ver Índice

24/11/2015

Revisões

Hepatite autoimune

...enças associadas estão presentes, estas incluem anemia hemolítica autoimune, plaquetopenia autoimune, diabetes mellitus do tipo 1, tireoidite, sprue celíaco, além de retocolite ulcerativa. Tabela 1: Critérios diagnósticos simplificados para hepatite auto-imune Critério diagnóstico Pontuação Ac antinuclear ou Ac antimúsculo liso > 1/40 1 ponto Ac antinuclear ou A......

Ver Índice

Página:  de 9

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal