FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Irinotecano" obteve 20 resultados.

Página:  de 2

22/01/2015

Remédios

Irinotecano

...rinotecano (solução concentrada) 20 mg/mL Diluição Diluente: Glicose 5%; Cloreto de Sódio 0,9%. Volume: a dose calculada deve ser diluída para uma concentração entre 0,12 – 2,8 mg/mL. Estabilidade após diluição com Glicose 5% temperatura ambiente (15 – 30ºC): 6 horas. refrigerado (2 - 8°C): 24 h. Estabilidade após diluição com Cloreto de Sódio 0,9% temperatura ambiente (15 – 30ºC): 6 horas.......

Ver Índice

24/07/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Irinotecano

...:0,12 – 2,8 mg/mL) Estabilidade após diluição com Glicose 5% e Cloreto de Sódio 0,9%: temperatura ambiente (15 – 30ºC): 6 horas. Refrigerado (2 - 8°C): 24 h TEMPO DE INFUSÃO: 90 minutos. USO INJETÁVEL – DOSES Checar regime de doses utilizados em protocolos de quimioterapia. CUIDADOS ESPECIAIS Risco na Gravidez Classe D: Há evidências de risco em fetos humanos. Só usar se o benef......

Ver Índice

17/06/2013

Artigos

Novidades no tratamento de câncer colorretal

...ça também foi um desfecho superior no grupo que recebeu bevacizumabe (mediana 5,7 meses vs. 4,1 meses; hazard ratio 0,68; P<0,0001), bem como o controle da doença (68% no grupo intervenção vs. 54% no grupo controle; P<0,0001). Reações adversas foram semelhantes nos 2 grupos. O estudo dá respaldo para continuar utilizando bevacizumabe durante a segunda linha de quimioterapia. Erlotinibe a......

Ver Índice

14/03/2013

Revisões Internacionais

Câncer colorretal – Bernard Levin

...nstruam anastomoses de ponta-a-ponta em muitos pacientes com lesões médio-retais. Estas anastomoses, que não aumentam o risco de desenvolvimento de complicações nem de recidivas do tumor, permitem que o esfíncter anal seja preservado. A preservação do esfíncter anal também tem sido conseguida por meio da realização de uma resseção transanal ou transcoccígea em pacientes selecionados, cujos tumores......

Ver Índice

16/09/2015

Biblioteca Livre

Compostos de platina

...adjuvante pós-ressecção de câncer de ovário, é usada em regime combinado com paclitaxel, ciclofosfamida com ou sem doxorrubicina. No tratamento paliativo de câncer de ovário avançado recorrente já tratado com cisplatina, carboplatina com etoposídeo, ifosfamida mais mesna é considerado um regime de segunda escolha (ver monografia, página 452). Cisplatina foi o primeiro agente antineoplásico, cont......

Ver Índice

16/09/2015

6 Medicamentos Utilizados no Manejo das Neoplasias

Compostos de platina

...O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente. Compostos de platina Compostos de platina (Livre) 6.1.5 Compostos de platina 6.1 Antineoplásicos 6 Medicamentos Utilizados no Manejo das Neoplasias SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS Formulário Terapêutico Nacio......

Ver Índice

17/05/2013

Revisões Internacionais

Câncer pancreático, câncer gástrico e outros cânceres gastrintestinais

...relativamente baixa e devido à falta de ferramentas de avaliação custo-efetivas ou clinicamente comprovadas, bem como às opções limitadas de tratamento efetivo, mesmo no caso de tumores ainda em estágio inicial. No caso dos pacientes que apresentam alto risco de desenvolvimento de câncer de pâncreas, como aqueles com síndrome familiar, a avaliação pode ter algum valor, ainda que a eficácia da aval......

Ver Índice

08/11/2016

Revisões

câncer gástrico

...dos envolvidos (N3b se houver mais de 15 linfonodos envolvidos) M M0: sem metástases a distância M1: metástases a distância (em órgãos sem adjacência com estômago). ESTADIO 0: T0, N0, M0 IA: T1, N0, M0 IB: T1, N1, M0 ou T2, N0, M0 IIA: T1, N2, M0 ou T2,N1, M0 ou T3, N0, M0 IIB: T1, N3, M0 ou T2, N2, M0 ou T3, N1, M0 ou T4, N0, M0 IIIA: T2, N3, M0 ou T3, N2, M0 ou T4a, N1, M0 IIIB:......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...os sólidos até retorno da sensibilidade normal. Aspectos farmacêuticos t Armazenar sob temperatura entre 15 a 30 °C. Cloridrato de Prometazina Ana Cláudia de Brito Passos Na Rename 2010: itens 4 e 6.3 Apresentação t Solução injetável 25 mg/mL. Indicações t Anafilaxia (adjuvante). t Terapêutica antineoplásica (adjuvante) Contraindicações t Hipersensibilidade ou ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

F

... generalizadas tônico-clônico e convulsões parciais complexas t 100 mg, por via oral, a cada 8 horas. Dose de manutenção: 100 mg, a cada 6 ou 8 horas. Dose máxima diária: 600 mg. Estado de mal epiléptico t Dose inicial 10 a 15 mg/kg, por via intravenosa, até 50 mg/minuto, seguido de dose de manutenção de 100 mg, por via oral ou intravenosa, a cada 6 ou 8 horas. Profilaxia e tratamento de......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal