FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Neutropenia Febril de Baixo Risco e Possivel Dar Alta do ps" obteve 8 resultados.

Página:  de 1

19/12/2014

Artigos

Neutropenia febril de baixo risco: é possível dar alta do PS?

...ados demonstram que nessa população de doentes o tratamento tanto em ambiente hospitalar quanto ambulatorial é igualmente eficaz. A taxa de mortalidade para estes pacientes de baixo risco varia de 0% a 4% a depender de uma série de fatores, mas não impede a conduta de tratamento ambulatorial. Apenas deve ser observado que os pacientes devem ser instruídos de que a taxa de retorno por conta de dete......

Ver Índice

26/03/2015

Revisões Internacionais

Síndromes de vasculite sistêmicas

...atosa e deposição significativa de imunocomplexos. Alguns autores propuseram a categoria de vasculite associada à ANCA com base na presença/ausência de ANCAs específicos no soro, em particular anticorpos contra proteinase 3 e mieloperoxidase. Atualmente, o papel apropriado para o teste de ANCA é dar suporte a um diagnóstico clínico desenvolvido de modo lógico. Em casos de pacientes que não se ajus......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

D

...lidade a diazepam e outros benzodiazepínicos. Precauções t Usar com cuidado nos casos de: – doença respiratória; insuficiência pulmonar crônica; histórico de dependência a álcool e/ou psicotrópicos; porfiria. – insuficiência hepática (ver Apêndice C). – insuficiência renal. – idosos ou pacientes enfraquecidos (reduzir a dose à metade). – suspensão do tratam......

Ver Índice

01/03/2013

Revisões Internacionais

Medicina transfusional – Harvey G. Klein

...y;ropathy: double-blind, sham-controlled, cross-over study. Brain 1996;119:1055–66. 134.Dyck PJ, Litchy WJ, Kratz KM, et al. A plasma exchange versus immune globulin infusion trial in chronic infl am­matory demyelinating polyradiculoneuropathy. Ann Neurol 1994;36:838–45. 135.Vamvakas EC, Pineda AA, Weinshenker BG. Meta-analysis of clinical studies of the effi cacy of plasma exchange in the t......

Ver Índice

30/03/2016

Revisões Internacionais

Emergências em hematologia e oncologia

...erocolitis. Ann Oncol 2007;18:183–9. 159. Moran H, Yaniv I, Ashkenazi S, et al. Risk factors for typhlitis in pediatric patients with cancer. J Pediatr Hematol Oncol 2009;31:630–4. 160. Cadili A, de Gara C. Complications of splenectomy. Am J Med 2008;121:371–5. 161. William BM, Corazza GR. Hyposplenism: a comprehensive review. Part I: basic concepts and causes. ......

Ver Índice

01/09/2016

Revisões Internacionais

Hipertermia e febre e febre de origem indeterminada

...humanos. Entretanto, o exame mais apurado das propriedades imunoestimuladoras do fator de necrose tumoral (TNF, do inglês tumor necrosis fator) levou à especulação de que a febre propriamente dita poderá promover a recuperação de infecções.37 Aparentemente, a IL-2 e o TNF agem nas espécies, ordem e barreiras de classe e talvez tenham evoluído há 300 milhões de anos; essa estabilidade evolutiva sug......

Ver Índice

11/03/2019

Revisões

Cólica Nefrética

... frequente, mas, em geral, é de pouca significância clínica. A maior parte dos casos de mononucleose infecciosa desaparece em 1 a 3 semanas, embora enxaqueca e fadiga ocasionalmente persistam por várias semanas a meses. Complicações. As complicações da mononucleose infecciosa afetam a maioria dos sistemas de órgãos. O aumento no volume tonsilar pode ser extremo e causar transtornos respiratórios.......

Ver Índice

11/03/2019

Revisões

Herpesvirus Infections

...patia. Hepatoesplenomegalia, enantema palatal, edema periorbital e icterícia são características menos comuns. Um tipo de erupção cutânea difusa maculopapular ocorre em 10% de pacientes, particularmente em indivíduos que tenham recebido ampicilina. As anormalidades hematológicas incluem um tipo de linfocitose no sangue periférico; em geral, mais de 10% de leucócitos no sangue periférico consistem ......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.