FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Ulcera de Cornea" obteve 33 resultados.

Página:  de 4

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...antidade de água. t Caso surja diarreia, informar ao médico. t Orientar para o uso durante todo o tempo prescrito, mesmo que haja melhora dos sintomas com as primeiras doses. Aspectos farmacêuticos t Armazenar a cápsula e a solução injetável a temperatura de 20 a 25 oC. t Observar orientação específica do produtor quanto a diluição, compatibilidade e estabilidade da solução. t Ao usar pe......

Ver Índice

14/09/2008

Revisões

Paralisia Facial Periférica

... Deve-se sempre ter em mente que, apesar da paralisia idiopática de Bell ser a causa mais comum de PFP, outras causas podem ser responsáveis. Às vezes, pode haver dúvida na diferenciação entre PFP e paralisia facial central, cujas diferenças podem não ser tão nítidas. Nesse caso, tomografia computadorizada (TC) de crânio ou, idealmente, ressonância magnética (RM) de crânio devem ser solicitadas.......

Ver Índice

04/12/2014

Remédios

Ciprofloxacino (oftálmico; otológico)

...ntar. Não usar o produto hipersensibilidade a fluorquinolona ou quinolona; paciente receben- do terapia sistêmica à base de quinolona. Reações mais comuns Uso Oftálmico (nos olhos) (ocorrem em pelo menos 10% dos pacientes): queimação ou desconforto local; precipitado cristalino branco na córnea. Uso Ótico (nos ouvidos) (sem percentual definido): desconforto nos ouvidos; dor; coceira. ......

Ver Índice

18/07/2009

Artigos

Corticosteróide eficaz e valaciclovir ineficaz no tratamento da paralisia de Bell

...ntre trial. Lancet Neurol 2008; 7: 993–1000 [Link para o abstract] Fator de impacto da revista (Lancet Neurology): 14,270 Contexto Clínico A paralisia de Bell (ver também – Paralisia Facial Periférica) pode causar seqüelas importantes nos pacientes acometidos, que vão de problemas estéticos até problemas mais graves, tais como ressecamento ocular e consequente úlcera de córnea......

Ver Índice

04/01/2010

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Dexametasona

...RE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.” O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente. Dexametasona Dexa......

Ver Índice

04/01/2010

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Fosfato Sódico de Prednisolona

...,3,5,7 Crianças Processos Inflamatórios e Alérgicos • De 0,1 a 2 mg/dia (4 a 60 mg/m2/dia), por via oral, divididos em 3 a 4 doses ao dia, se o tratamento for até 7 dias; em tratamentos de maior duração, as doses são preferencialmente únicas ao dia e matinais. Imunossupressão em Doenças da Imunidade • De 0,5 a 1 mg/kg/dia, por via oral, em dose única matinal ou em dias alternados......

Ver Índice

04/01/2010

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Prednisona

...os canais de cálcio, ciclosporina, estrógenos, antiácidos, AINE, ácido acetilsalicílico, talidomida (risco de desenvolvimento de necrose epidérmica tóxica), ritonavir. • Diminuição de efeito de dexametasona: fenobarbital, fenitoína, rifampicina, rifapentina, fosfenitoína, aminoglutetimida e primidona. • Dexametasona aumenta efeitos de: saquinavir, caspofungina, fluoroquinolonas. • ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

F

...mofílico normal. Repetir infusões a cada 6 ou 12 horas inicialmente na medida da necessidade até um total de 10 a 14 dias até a cicatrização completa. Adultos Controle de hemorragia em pacientes com hemofilia A t Leve: dose única de 10 UI/kg, via intravenosa, até alcançar aproximadamente 20% do fator VIII anti-hemofílico normal. Repetir se houver evidência posterior de sangramento. t Modera......

Ver Índice

20/11/2013

Revisões

Câncer de Pele

... semiologia ao diagnóstico. Rio de Janeiro: Elsevier; 2007. p. 216-8. Mesquita Filho JJT, Sousa MAJ. Carcinoma basocelular. In: Azulay L, Bonalumi A, Leal F. Atlas de dermatologia: da semiologia ao diagnóstico. Rio de Janeiro: Elsevier; 2007. p. 211-4. Miller DL, Weinstock MA. Nonmelanoma skin cancer in the United States: incidence. J Am Acad Dermatol. 1994;30(5 Pt 1):774-8. Nestle FO, Halpern ......

Ver Índice

11/11/2016

Revisões Internacionais

Infeccoes Micoticas em Hospedeiros Comprometidos

...ça miliar. Os títulos de antígenos no soro ou no LCE facilitam o acompanhamento do curso da doença; porém, a falta de padronização entre os fabricantes de testes de antígenos criptocócicos significa que resultados confiáveis somente poderão ser obtidos se o mesmo kit for usado nas medições seriais. Para o diagnóstico definitivo de criptococose, o teste positivo de antígenos deverá ser confirmado ......

Ver Índice

Página:  de 4

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.