FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Estrias Violáceas

Autor:

Rodrigo Antonio Brandão Neto

Médico Assistente da Disciplina de Emergências Clínicas do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

Última revisão: 19/12/2016

Comentários de assinantes: 0

 

Quadro Clínico

Paciente do sexo feminino, com de 39 anos de idade e histórico de ganho de peso, apresenta fraqueza muscular proximal e aparecimento de estrias na região do abdome, as quais podem ser observadas na Imagem 1.

 

 

 

 

 

A paciente apresenta achados clínicos sugestivos de síndrome de Cushing, com aumento de peso, obesidade centrípeta (o caso desta paciente), entre outros. A fraqueza muscular proximal é um achado relativamente específico da síndrome, sendo, em pelo menos um estudo, o mais específico para o diagnóstico, embora não seja um achado sensível.

O achado da imagem é de estrias violáceas – um sinal clínico da síndrome. As estrias, quando aparecem, são comumente violáceas. Entretanto, após 1 mês do aparecimento, a permanência dessa coloração é um achado sugestivo da síndrome de Cushing, sendo que a largura das estrias (de 3cm, pelo menos) também sugere o diagnóstico.

O diagnóstico de síndrome de Cushing foi confirmado pela dosagem de cortisol urinário de 24 horas aumentada, bem como pelo teste de supressão com dexametasona, 1mg, sem suprimir a produção de cortisol. Uma ressonância nuclear magnética (RNM) da hipófise confirmou o diagnóstico, com nódulo de 1,5cm.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal