FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Risco de Insuficiencia Respiratoria no Periodo Pos Operatorio de Cirurgia Nao Cardiaca" obteve 50 resultados.

Página:  de 5

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...nca usar duas doses juntas. Aspectos farmacêuticos t Armazenar os comprimidos e a solução injetável entre 15 e 30 °C, proteger do calor, umidade e luz direta. t Observar orientação específica do produtor quanto a diluição, compatibilidade e estabilidade da solução. t Compatível em glicose 5% na concentração de 1 e 2 mg/mL. Mais estável em seringa de polipropileno. Atenção: terapia intra......

Ver Índice

04/12/2017

Revisões Internacionais

Avaliação Médica De Pacientes Cirúrgicos

...apresentaram um índice de mortalidade de 30 dias de 2,1% em comparação com 1,0% dos pontuados com propensão sem estenose aórtica.34 Os pacientes com estenose aórtica sintomática grave que precisam fazer cirurgia de urgência poderão ser considerados para tratamento percutâneo da válvula aórtica, embora os dados sobre esse tema sejam extremamente limitados. A estenose mitral é uma condição particul......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

F

...ínua, no dia 1 de cada semana; ou, 225 mg/m2/dia, por infusão intravenosa contínua, durante 5 a 8 semanas, com radioterapia. Carcinomas de células basais superficiais e ceratoses solares t Aplicar fina camada sobre a lesão, uma ou duas vezes ao dia, até 4 a 6 semanas. Aspectos farmacocinéticos clinicamente relevantes t Duração de efeito: 3 semanas. t Metabolismo: hepático. t Excreção: ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

A

...rapia alternativa. Iniciar com 1 unidade e dobrar a dose a cada 10 minutos até que a quantidade total acumulada alcance a dose programada para aquele dia de tratamento, conforme exemplo na tabela 1. Tabela 1. Esquema de dessensibilização à asparaginase Aspectos farmacocinéticos clinicamente relevantes t Pico sérico de concentração: 14 a 24 horas (intramuscular); 50% mais baixas na ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

D

... (risco de broncoespasmo paradoxal com aerossol). t mudança de via de administração – sistêmica para inalante (risco de insuficiência suprarrenal). Cuidados específicos para a via nasal: t mudança de via de administração – sistêmica para nasal (pode ocorrer exacerbação dos sintomas). t cirurgia nasal (aguardar cicatrização). t crianças com menos de 6 anos não devem receber aerossol nasal.......

Ver Índice

21/09/2012

Revisões Internacionais

Avaliação pré-operatória e cuidados com o paciente cirúrgico – Paul J. Grant, Amir K. Jaffer

...melhor aos pacientes. Os autores não possuem relações comerciais com os fabricantes de produtos e prestadores de serviços mencionados neste capítulo. Referências 1. DeFrances CJ, Podgornik MN. 2004 National Hospital Discharge Survey. Advance data from vital and health statistics; no 371. Hyattsville, MD: National Center for Health Statistics; 2006. Available at: www.cdc.gov/nchs/......

Ver Índice

11/07/2010

Revisões

Pós-Operatório de Cirurgia Cardíaca

...idosos e/ou com disfunção ventricular esquerda (VE), pode ser uma complicação ameaçadora à vida. O principal fator de risco relacionado à FAPO é a idade avançada. Tabela 8: Fatores de risco para fibrilação atrial pós-operatória (FAPO) Pré-operatórios Idade avançada, hipertensão, diabetes, obesidade, síndrome metabólica, aumento atrial esquerdo, disfunção diastólica, hipertrofia v......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

I

...8 horas. t De 10 a 12 anos: 300 mg, por via oral, a cada 8 horas. t Dose máxima como antipirético em crianças: 40 mg/kg/dia Artrite idiopática juvenil t Peso corporal acima de 7 kg: 30 a 50 mg/kg/dia, divididos a cada 6 ou 8 horas. Dose máxima: 2,4 g/dia. Adultos Dor leve a moderada, febre, dismenorreia primária, doenças inflamatórias, incluindo musculoesqueléticas t 200 a 600 mg......

Ver Índice

10/09/2014

Revisões

Embolia pulmonar

...um subsegmento pulmonar, em 30 pacientes (3,9% das necropsias).6 Em três casos (10%), a TEP foi considerada como a causadora do óbito, mas em somente 17% dos óbitos houve suspeita prévia de TEP. A frequência de recorrência de eventos tromboembólicos é significativa, tornando a TEV uma doença crônica que apresenta episódios de agudização (no caso, as recidivas de TVP e/ou TEP). Apesar da anticoagu......

Ver Índice

12/08/2014

Revisões

Doenças cirúrgicas do tórax e da via aérea

...anterior, reto abdominal e grande dorsal; atelia, amastia ou deformidades do mamilo; deformidades de membros (sindactilia ou braquidactilia); ausência de pelos e tecido subcutâneo anormal na axila. O tratamento cirúrgico é raramente necessário, estando indicado naqueles pacientes que apresentam ausência de costelas ou severa concavidade do tórax ipsilateral. Defeitos esternais Os defeitos est......

Ver Índice

Página:  de 5

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.