FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Imunoglobulina g Humana" obteve 96 resultados.

Página:  de 10

22/01/2015

Remédios

Imunoglobulina G Humana Antitetânica

...dental: choque anafilático; parada cardíaca; parada respiratória. Atenção com outros produtos A Imunoglobulina G Humana Antitetânica •pode inativar: vacina de vírus vivos (aguardar pelo menos 3 meses para aplicar vacinas por via injetável após a descontinuação da imunoglobulina). Outras considerações importantes •para prevenção, no caso de pacientes que estejam sob terapia simultânea co......

Ver Índice

22/01/2015

Remédios

Imunoglobulina G Humana

... e injetada em local diferente para reduzir dor local e desconforto. • doses em termos de imunoglobulina G humana. Adultos e crianças infecção por vírus de hepatite A (prevenção): em caso de exposição às áreas endêmicas com duração menor que 3 meses, recomenda-se uma dose de 0,02 mL/kg de peso corporal; em casos de exposição por um período mais longo, recomenda-se 0,06 mL/kg de peso corporal e ......

Ver Índice

22/01/2015

Remédios

Imunoglobulina Humana

...bulina Humana (Injetável) (substância ativa) Referência: Sandoglobulina (CSL Behring) Genérico: não Uso injetável Injetável (pó) 6 g: Sandoglobulina* * com 200 mL de cloreto de sódio 0,9% como diluente Armazenagem antes de aberto Sob refrigeração (2-8°C), protegido da luz. Não congelar. O que é agente imunizante passivo [concentrado de imunoglobulinas, principalmente imunoglobul......

Ver Índice

23/07/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Imunoglobulina G Humana Antitetânica

...do tétano [imunoglobulina humana antitetânica]. PARA QUE SERVE Tétano (prevenção em indivíduos não imunizados ou não completamente imunizados e com ferimento ou queimadura recente); tétano (tratamento). COMO AGE A imunoglobulina G humana antitetânica promove a formação de anticorpos contra a toxina do Clostridium tetani. COMO SE USA Uso Injetável ATENÇÃO: não administrar na mesma s......

Ver Índice

23/07/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Imunoglobulina Humana

...RMOGLOBULINA P Armazenagem Antes DE Aberto Sob refrigeração (2-8°C). O QUE É A imunoglobulina humana é um agente imunizante passivo [concentrado de imunoglobulinas, principalmente imunoglobulina G (IgG)]. PARA QUE SERVE Imunodeficiência primária; púrpura trombocitopênica idiopática; doença de Kawasaki (tratamento adjunto). COMO SE USA Uso Injetável Imunoglobulina Humana (Pó) ......

Ver Índice

23/07/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Imunoglobulina Anti-hepatite B

...mana, a partir de doadores com altos títulos de anti-HBs. PARA QUE SERVE Imunizar passivamente contra o vírus da hepatite B (imunização temporária); utilizada em casos de: prevenção da infecção perinatal pelo vírus da hepatite B (em recém-natos nascidos de mães positivas para o antígeno da hepatite B - HBsAg positivo); profilaxia pós-exposição a infecção pelo vírus da hepatite B. COMO AGE......

Ver Índice

08/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Raiva

...ano deve ser garantido todos os dias, inclusive nos finais de semana e feriados, até a última dose prescrita (esquema completo). É de responsabilidade do serviço de saúde que atende o paciente realizar busca ativa imediata daqueles que não comparecem nas datas agendadas para a aplicação de cada dose da vacina prescrita. As condutas indicadas para pacientes que não comparecem na data agendada est......

Ver Índice

05/02/2014

Revisões Internacionais

Leucemia aguda – Richard A. Larson

... Tabela 3. Classificação da OMS da SMD primária2,18 Subtipo da OMS Sangue periférico Medula óssea ARF Hemoglobina < 10 g/dL; < 1% blastos; reticulocitopenia; macrocítica ou normocrômica/ normocítica Geralmente, hiperplasia eritroide com diseritropoiese; < 5% blastos; < 15% sideroblastos anelares Neutropenia refratária Neutrófilos < 1.800/mc......

Ver Índice

28/11/2017

Revisões Internacionais

Infecções Respiratórias Virais

...terais; esse medicamento precisa ser estudado com maior profundidade.107 Prevenção A diversidade dos rinovírus torna o desenvolvimento de vacinas um grande desafio, embora haja descrições de, pelo menos, um epítopo em capsídeos compartilhados.108 As medidas para controle de barreiras podem ser benéficas, embora, até o presente momento, o resultado de tecidos impregnados com virucidas e loç......

Ver Índice

18/11/2015

Revisões Internacionais

Mordidas e picadas – Lawrence M. Lewis, William H. Dribben, Mark D. Levine

...envenomation. Ann Emerg Med 1999;34:620–5. 189. Berg RA, Tarantino MD. Envenomation by the scorpion Centruroides exilicauda (C. sculpturatus): severe and unusual manifestations. Pediatrics 1991;87:930–3. 190. Abroug F, ElAtrous S, Nouira S, et al. Serotherapy in scorpion envenomation: a randomized controlled trial. Lancet 1999;354:906–9. 191. Sofer S, Shahak E, Gueron M. Scorpion envenomation a......

Ver Índice

Página:  de 10

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal