FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Sulfato de Estreptomicina" obteve 20 resultados.

Página:  de 2

06/01/2010

5 Antiinfectantes

Sulfato de Estreptomicina

... Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos Brasília / DF – 2008 Sulfato de Estreptomicina Priscila Gebrim Louly Na Rename 2006: itens 5.1.14 e 5.1.15 APRESENTAÇÃO • Pó para solução injetável 1 g. INDICAÇÕES1,185 • Tratamento de tuberculose, em combinação com outros fármacos. • Tr......

Ver Índice

02/05/2010

5 Antiinfectantes

Sulfato de Estreptomicina

...qualquer fim comercial.” O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente. Sulfato de Estreptomicina Sulfato de Estreptomicina (Livre) 5.1.15 Medicamentos para Tratamento de Tuberculose 5.1 Antibacterianos 5 Antiinfectantes SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS F......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

P

... t Hipersensibilidade ao fármaco ou a algum dos componentes da formulação. t Infecções sistêmicas. t Uso concomitante com vacinas de vírus vivos (ex.: varíola), pois a resposta imune pode estar diminuída. t Varicela. Precauções t Usar com cuidado nos casos de: – úlcera péptica, diabete melito, insuficiência hepática e renal (ver Apêndice D), hipertensão arterial, psicose, insuficiê......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...naloxona precipita sintomas de retirada incluindo dor, hipertensão, suor, agitação, irritabilidade e choro estridente dentro de minutos após a administração e permanece por cerca de 2 horas; observar os pacientes para recorrência de depressão respiratória e outros efeitos narcóticos por pelo menos 2 horas após a última dose de naloxona. – pacientes em choque séptico; risco de agitação, náus......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

S

...ações oftálmicas, hepáticas ou de qualquer natureza. t Orientar para a exigência de cautela com atividades que exijam atenção, como dirigir e operar máquinas, devido ao risco de surgir tontura e visão borrada. t Orientar para a necessidade de acompanhamento oftalmológico se for necessário o uso por longo prazo. t Orientar para tomar o medicamento o quanto antes caso ocorra esquecimento. Não tom......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

I

...s adversos t Anafilaxia (raro). t Dor e sensibilidade no local da aplicação. t Ulceração da mucosa oral, edema facial. t Artralgia. t Dor torácica, dispneia. Interações de medicamentos t Vacinas de vírus vivos (sarampo, caxumba, varíola, rotavírus, rubéola e varicela): redução da resposta imune à vacina. Evitar a administração de vacina de vírus vivos quatro semanas antes ou por três me......

Ver Índice

16/07/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Estreptomicina

...nas nádegas (quadrante superior externo); em crianças, na face lateral da coxa. Alternar os locais de administração. USO INJETÁVEL – DOSES Doses em termos de estreptomicina Adultos e Adolescentes Tuberculose (em combinação com outros agentes antituberculose) 1 g, em dose única diária. A dose de manutenção é de 1 g, 2 ou 3 vezes por semana. Tularemia 1 a 2 g por dia, divididos em 4 ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

Apêndice A

...heres grávidas foram suplementos vitamínicos, incluindo sais de ferro e ácido fólico. Em recente nota publicada na revista Prescrire International, foi relatado que mulheres grávidas francesas foram expostas a anti-inflamatórios não esteroides, inibidores da enzima conversora da angiotensina, antagonistas dos receptores da angiotensina II e isotretinoína, classes terapêuticas e fármaco, respectiv......

Ver Índice

11/11/2015

Guias Livres do Ministério da Saúde

Apêndice A

... claramente qualquer possível benefício. O fármaco é contraindicado em mulheres grávidas ou que possam engravidar no decorrer do tratamento. Além desta classificação da FDA, que não contempla todos os fármacos, existe a do Australian Drug Evaluation Committee – ADEC, que também pode auxiliar os clínicos na escolha do medicamento a ser prescrito para uma mulher grávida. Esta categorização, mais ex......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

R

...ico Nacional 2010: Rename 2010 [Link Livre para o Documento Original] Série B. Textos Básicos de Saúde MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos Brasília / DF – 2010 Ranitidina (ver Cloridrato de Ranitidina) Retinol (ver Palmitato de Retinol) Rifampicina Silvio Barberato Filho ......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal